Rally: Jean Azevedo e Amable vencem nos carros e caminhões

Rally dos Amigos encerrou o calendário off road de 2009.

A 12ª edição do Rally dos Amigos foi encerrada na tarde de sábado (5/12), com disputa acirrada nos 162 km de trechos cronometrados em uma fazenda de reflorestamento de eucaliptos no município de Itatinga, a 221 km da Capital Paulista. Na categoria carros, a dupla formada por Jean Azevedo e Youssef Haddad completou o percurso em 2h30min06s e se sagrou a grande campeã da última etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country. O segundo posto ficou com a dupla Riamburgo Ximenes e Stanger Eller e em terceiro cruzaram Guilherme Spinelli e Felipe Palmero.

Após uma sexta-feira com chuva, frio e muito vento, a previsão do tempo se confirmou para o sábado e o rally foi disputado debaixo de sol forte e com o piso mais seco. “Foi uma prova muito difícil por causa da chuva de ontem. Embora estivéssemos correndo mais relaxados por já termos conquistado o título do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country por antecipação, encontramos alguns trechos um pouco complicados. Passamos por um trecho de cinco quilômetros em que tinham muitos alagamentos e não foi nada fácil”, declara o campeão Jean Azevedo.

O forte calor do interior paulista incomodou o piloto. “Por um lado foi muito bom o sol ter aparecido, pois deu uma melhorada nas condições da pista. Por outro, sofremos demais com o calor, mas felizmente conseguimos terminar a prova bem”, afirma Jean.

Para Riamburgo Ximenes e Stanger Eller, o Rally dos Amigos marcava a chance de brigar pelo vice campeonato brasileiro e a dupla da equipe Promachinna conseguiu seu objetivo. Mas não encontrou facilidade.

“Fizemos uma prova perfeita até a metade da especial. Estávamos com o melhor tempo até que começamos a perder a pressão da turbina e nosso rendimento caiu. Faltando 80 km para o final nossa situação piorou. Alguma coisa estourou no motor e começou a soltar fumaça dentro do carro. Com isso, nós tivemos que dosar a potência para diminuir a fumaça e conseguir enxergar o caminho”, declara Riamburgo. “Gosto muito deste tipo de competição, em que encontramos muitas dificuldades e temos que estar sempre bem preparados fisicamente”, acrescenta Ximenes.

Confira os melhores colocados nos carros

1 – Jean Azevedo e Youssef Haddad – 2h30min06s
2 – Riamburgo Ximenes e Stanger Eller – 2h31min39s
3 – Guilherme Spinelli e Felipe Palmero – 2h35min58s
4 – Renato Rosales e Plinio Bergamo – 2h39min28s
5 – André Sawaya e Marcos Baumgart – 2h42min02s
6 – Regis Maia e Ana Carolina Sena – 2h43min41s
7 – Jose Sawaya e Joaquin Filho – 2h44min08s
8 – Gustavo Moretti e Neurivan Calado – 2h44min39s
9 – Jorge Junior e Gustavo Gugelmin – 2h45min23s
10 – Valdir Porto e Emerson Toshio – 2h49min55s
11 – Richard Vaders e José Spacassassi – 3h00min00

Amable vence nos pesados
Na briga entre os caminhões, veículos mais pesados do certame, o trio comandado por Amable Barrasa concluiu o percurso em menor tempo e levou o título, com a marca de 2h13min05s. Acompanhado pelo navegador Raphael Lucas e pelo apoio Raphael Bettoni, Amable superou a equipe Salvini Racing, de Guido Salvini, Weidner Moreira e Fernando Ventania, que concluíram na segunda posição.

Confira como terminou a prova na categoria Caminhões:
1 – Amable Barrasa / Raphael Lucas / Raphael Bettoni – 2h13min53s
2 – Guido Salvini / Weidner Moreira / Fernando Ventania- 2h18min48s
3 – Ulysses Marinzeck / Evandro Bautz / Adriano Silva – 2h20min03s
4 – Kenner Garcia / Fausto Dallap / Davi Fonseca – 2h36min14s

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *