Rally: Leão Racing preparada para a 15ª edição do Rally dos Sertões

A equipe participou nesta segunda-feira (16) do primeiro briefing realizado pela Dunas Race.

A equipe Leão Racing, com sede em Ribeirão Preto, realiza os últimos ajustes para enfrentar daqui a três semanas o maior rali da América Latina e terceiro do mundo. A última etapa do Mitsubishi Cup que aconteceu no último dia (7) em Itu, reservou uma boa dose de adrenalina para os competidores, muitos deles utilizaram a prova como treino, checagem de equipamento e entrosamento para a 15ª edição do Rally Internacional dos Sertões.

A Leão Racing, fez o mesmo, surpreendida por uma quebra de câmbio, puderam testar a agilidade na solução do problema e a eficiência foi colocada a prova, com muita competência dos integrantes da equipe. Outros fatores também foram testados como o apoio noturno, montagem e desmontagem de box e checagem de equipamentos. A etapa serviu também de treinamento para o novo integrante, um fisioterapeuta, que enfrentará com a equipe a maratona histórica da competição.

Conforme briefing realizado nesta segunda-feira (16), no Teatro da TV Gazeta em São Paulo, o Rally dos Sertões 2007, começará dia 06 em Goiânia (GO) e terminará dia 18 em Salvador (BA), com 4.776 quilômetros, sendo 2.471 de especiais. Os competidores percorrerão cinco estados brasileiros e promete ser uma prova difícil, com dias mais longos. As cidades que abrigarão as etapas são: Goiânia (GO), Minacú (GO), Palmas (TO), Alto Paranaíba (MA), São Raimundo Nonato (PI), Barra (BA), Lençóis (BA), Senhor do Bonfim (BA), Aracajú (SE), Salvador (BA).

O piloto de Ribeirão Preto, participa pelo seu segundo ano em provas Cross Country, mas no Sertões será sua estréia, bem como a equipe. “Pelo que pude observar no primeiro briefing realizado pela Dunas, a prova terá etapas bem mescladas, variações de pisos, riachos, triais, algumas muito travadas e exigirá bastante da navegação, do equipamento e de preparo físico. Estamos nos preparando da melhor forma possível para essa grande aventura e queremos alcançar bons resultados, mas chegar ao final, já será uma vitória”, ressaltou Adriano Leão.

O chefe de equipe avaliou o teste realizado na etapa do Mitsubishi Cup positivo como preparação para o Rally dos Sertões. “Sob um ponto de vista geral, tivemos uma perspectiva do que será o Sertões. Acredito que o resultado da etapa acabou sendo satisfatório, a quebra do câmbio por fadiga de material serviu de reflexão. Perder uma especial numa competição como o Cup é melhor do que perdermos um dia no Rally dos Sertões. Enfrentaremos uma prova bem mais puxada do que as competições que participamos no primeiro semestre deste ano. Encontramos uma das variáveis que compõe a preparação e acerto do carro”, comentou  Luiz Eduardo Rosenfeld.

Adriano Leão/Rafael Capoani utilizarão o carro Mitsubishi L200 RS e conforme regulamento, estarão na categoria Production, para marcar a estréia da equipe na competição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *