Rally: Raid da Meia Noite reuniu 65 duplas na disputa pelo título da 24ª edição

Piloto conquistou o bicampeonato consecutivo na master e o quinto título em 24 anos de história da competição promovida pelo Jeep Clube de Curitiba.

A 24ª edição do Raid da Meia Noite, promovido pelo Jeep Clube de Curitiba, reuniu aproximadamente 200 jipeiros entre organização, pilotos, navegadores e zequinhas, que percorreram cerca de 170 km em mais de 9 horas de prova. Entre as 65 duplas, 13 carros disputaram a prova pela categoria Master, 20 pela Sênior e 32 pela categoria Junior.

Com a menor perda de pontos, sem os descartes de PC’s, os campeões na classificação geral e na master foi a dupla do piloto Edson Magnett e do navegador Leandro Macedo Ferreira. Como prêmio pelo título, a dupla está inscrita para disputar o Transparaná 2010, que acontece de 25 a 29 de janeiro do próximo ano.

Na categoria Sênior, o título foi da dupla formada pelo piloto Diogo M. Mauricio, de Campina Grande do Sul, e pelo navegador Diego de O. Santos, de Curitiba. Já na categoria Junior, o título ficou com a dupla curitibana do piloto Rogerio Manfron e do navegador Edivaldo L. Soette.

À meia-noite do dia 21 de novembro, largou o primeiro carro do Shopping Total, no bairro Portão, em Curitiba, com destino a Igreja Mandassaia, em Campina Grande do Sul, na região metropolitana. A prova reuniu obstáculos que fascinaram os competidores, como trilhas fechadas, atoleiros e travessias de rios, exigindo muito preparo de carros e aumentando significativamente o grau de dificuldade de pilotos e navegadores.

Campeão da master em 2008 com o navegador Rone Branco, o piloto Edson Magnett conquistou o bicampeonato em 2009, desta vez com o navegador Leandro Macedo Ferreira. “Foi um dos melhores raids da Meia Noite dos últimos 20 anos. Lembro-me de ter participado apenas da primeira ou segunda edição que teve um grau de dificuldade tão grande”, afirmou o piloto Magnett, que além do bicampeonato consecutivo, foi campeão em 98 e 00 na Master e em 97 na categoria Sênior.

“Foram reativadas trilhas já esquecidas, que estavam quase fechadas. Nem sempre tínhamos a certeza que estávamos no caminho certo. A expectativa só terminava com a confirmação, ao encontrar a próxima referência da panilha. Os pilotos também encontraram bastante dificuldade em manter o carro nas trilhas, ainda mais em chão normalmente escorregadio. Precisaram de braço e entrosamento com o carro para chegar até o fim da prova”, disse o navegador Leandro.

A categoria master reunia pelo menos cinco duplas de ponta que tinham totais condições de chegar ao título, mas nem todos os carros agüentaram o tranco. “Quando começamos a encontrar os carros dos principais adversários quebrados, sabíamos que se chegássemos até o fim teríamos grandes chances de conquistar o título”, finalizou Magnett. “Largamos em sexto e apenas um carro chegou a nossa frente, o resto ficou pelo caminho”, completou o navegador Leandro.

Logo após a chegada, já na manhã de domingo (22), foi servido um delicioso almoço típico da região e em seguida divulgado o resultado da prova. No ano em que o Raid da Meia Noite do Jeep Clube de Curitiba completou 24 anos, pilotos de Curitiba e região metropolitana, além de Ponta Grossa e de Jaraguá do Sul/SC disputaram a prova levantada pelos sócios Moacir Bossini e Leonardo Statter. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *