Rally: Robert Nahas vence novamente e mantém liderança entre os quadriciclos

Piloto da Honda/Flash Power lidera em sua categoria e na Geral, seguido do mineiro Ricardo Purri, seu companheiro de equipe.

A segunda metade do Rally Internacional dos Sertões PLP tem início nesta segunda-feira (23/06), e com um desafio dos grandes. Os competidores vão encarar um percurso de 682 km, o mais longo da história da competição. Na segunda mudança de Estado do rali, os pilotos partem de Palmas, capital do Tocantins, com destino a Balsas, no Maranhão, e a estimativa é que demorem mais de oito horas para completarem o percurso.

No domingo, após enfrentarem a etapa maratona no sábado e por conseqüência duas especiais seguidas que somaram 268 km sem ajuda da equipe de apoio, o piloto Robert Nahas (Honda/Flash Power) foi o primeiro da categoria quadriciclos a chegar em Palmas (TO). “Completei a maratona sem grandes problemas. A especial de hoje (domingo) exigiu muita atenção na navegação. Foi Especial curta, mas com trial pesado. Então, fui numa boa. Cheguei a parar para ajudar um piloto de moto que caiu. Andei ‘redondo’, sem erros, e que deu para manter a liderança”, comentou o campeão de 2005, que venceu novamente e está firme no propósito de ser novamente campeão do principal rali da América Latina.

Para se ter uma idéia da grandeza da etapa do sexto dia consecutivo de competição, só a Especial de 536 km é maior do que o percurso completo de qualquer outro dia desta edição do Rally dos Sertões 2008. “Vou usar bastante a cabeça, irei com calma para manter a liderança”, avisa Nahas, que tem o companheiro da Honda/Flash, o mineiro Ricardo Purri na vice-liderança.

Depois de passarem pelo deslocamento inicial de 126 km, os competidores disputam o enorme trecho cronometrado passando pela face norte do temido deserto do Jalapão. “Sei que teremos vários trechos em areia. Isto é pesado para o quadri, pois se forem muito longos, temos que ter cuidado para o motor não esquentar demais”, alerta o experiente piloto, que está vibrando com o desempenho geral de seu Honda TRX450R.

A navegação vai ser bastante exigida dos pilotos, principalmente nas áreas de savana. A Especial mistura estradas de altas e baixas velocidades, exigindo bastante técnica dos participantes, que devem demorar mais de oito horas para completar o trecho. “Se as estradas forem rápidas, com médias entre 120 e 150 km, está muito bom para nós. Vamos administrar para seguirmos na frente”, planeja o titular da RNN Sports.

Confira o resultado acumulado extra-oficial da categoria Quadriciclos após 5 dias:

1) Robert Naji Nahas – 20h18min47
2) Ricardo Purri – 21h24min59
3) Cristiano Batista – 27h10min03
4) Marcio Oliveira – 27h46min19
5) Carlo Collet – 31h26min57

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *