Rally: Salvini Racing está na luta pelo título Brasileiro de Rally Cross-Country

O navegador Weidner Moreira é a esperança de a Salvini Racing conquistar mais um título no Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country. A temporada 2008 será encerrada com a realização do tradicional Rally dos Amigos.

Muita poeira ainda se formará até o final do Rally dos Amigos, prova de encerramento da temporada 2008 do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country, que acontece neste sábado, 6 de dezembro, em Itatinga, SP.

Ao longo do ano inteiro, as equipes travaram disputas sensacionais, num espetáculo de velocidade sobre quatro rodas. Mas sem dúvida, o que chamava mais atenção era quando os gigantes Mercedes-Benz Atego, com seus aproximados 4.800 quilos, entravam em cena: muito velozes e resistentes, esses veículos demonstraram toda a supremacia que possuem e encararam “pau a pau” os pequenos e leves Ford F-4000.

O piloto Guido Salvini, o navegador Weidner Moreira e o co-piloto Fernando Chwaigert chamaram a atenção do público e imprensa, despertando sempre a mesma pergunta: “como um veículo desse porte é capaz de correr tanto? E como é possível conduzi-lo em alta velocidade?”

Assim, disputaram com afinco a liderança do campeonato, no entanto, foram derrotados pelo clima: uma desclassificação por conta da chuva (que deixou o terreno sem condições de segurança para os tripulantes do caminhão) afastou o sonho do tetracampeonato do time. Porém, na matemática do Brasileiro, piloto e navegador pontuam separadamente, e desta forma, Moreira ainda possui chances de ser campeão e levar o nome da Salvini Racing ao lugar mais alto do pódio.

“Somente a vitória pode dar o título ao Weidner. Quanto a mim, minha condição como piloto está difícil, já que preciso ganhar e meu concorrente não terminar a corrida e ainda não pontuar. Com a nossa desclassificação na etapa de Curitiba, meu principal adversário disparou com 17 pontos à minha frente. O mesmo precisaria acontecer com ele, para com os critérios de desempate, eu ser campeão”, explicou o Salvini.

Enquanto não passarem pela bandeirada final dos 160 quilômetros de especial no Rally dos Amigos, o trio não tirará o pé do acelerador. Embora o roteiro seja bastante travado e com piso de areia – que exige robustez do equipamento e habilidade dos competidores – o ronco do motor do Atego ecoará pelas trilhas de reflorestamento de eucalipto das Fazendas Ariona, Santa Irene e São José Bromodo.

“Falta muito chão a ser percorrido até o final do Brasileiro. Estamos dispostos a vencer e tomara que a sorte esteja do nosso lado. Essa etapa costuma ser extremamente rigorosa, com dificuldades para pilotagem e navegação, conciliada com o forte calor da região, que causa um desgaste físico grande. Mas estamos preparados, temos coragem e experiência suficiente para levar esse caminhão em giro alto de rotação até o fim”, declarou Moreira.

A Salvini Racing é uma das equipes mais tradicionais do cross-country nacional. Sempre correram em família e é a única no universo a possuir três títulos Brasileiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *