Rally: Salvini Racing termina especial em 2º lugar

Em etapa maratona, equipe Salvini Racing inicia recuperação em busca da liderança no Rally dos Sertões e conquista o 2º melhor tempo do dia.

 


Depois de enfrentar uma sucessão de problemas na 2ª etapa do Rally dos Sertões, realizada ontem, Guido Salvini, Weidner Moreira e Fernando Chwaigter conquistaram hoje, na etapa maratona, a 2ª posição entre os caminhões. Eles fizeram o tempo de 1 hora 21 minutos e 18 segundos, e com esse resultado passam a ocupar o 3º lugar na Geral e mantém a liderança na categoria T4-2, destina aos caminhões acima de 4.800 quilos.


 


A prova teve 485 quilômetros de percurso e 141 de trechos cronometrados, partindo de Palmas, TO, a Alta Parnaíba, MA. O percurso foi inédito e adentrou o Jalapão – uma das regiões que apresentam obstáculos de grandes dificuldades.


 


Por questões de seguranças, o roteiro dos caminhões foi menor em relação ao dos carros. Segundo a organização do rali, os trechos seriam estreitos demais para os grandalhões passarem.


 


“A especial foi tranqüila para nós, com bastante retas que permitiam alta velocidade, precisamos controlar para não passar dos 150 km/k. Teve muitas depressões, pontes e muita poeira”, contou Weidner.


 


Ao término da prova, os competidores foram até a cidade de Lizarda, onde aguardaram a organização liberar a especial dos carros para os caminhões poderem começar o deslocamento.


 


“O rali está ótimo, competitivo e muito duro. Acreditamos que quem passar bem da sexta etapa estará bem próximo de conquistar o título do Sertões”, previu o navegador.


 


A etapa seguinte segue para a cidade de São Raimundo Nonato, no Piauí. Essa é a continuação da etapa maratona, afinal, somente ao final do dia, os mecânicos farão a manutenção dos veículos. A Salvini Racing ainda precisará poupar o caminhão, afinal, terão 643 quilômetros pela frente, sendo 309 de especiais. A prova será sinuosa, com cascalho e alguma depressões secas.


 


E o domingo do dia dos pais será só comemoração para a Salvini Racing. Carlos Salvini acompanha a disputa junto com o filho, torcendo, sofrendo e passando toda a sua experiência a ele. “Não posso dizer, ‘meu filho, vá devagar’, porque ele tem que acelerar mesmo, então digo, ‘meu filho, corre com cuidado’. Com certeza, minha maior dificuldade será frear o ímpeto de Guido e cia”, brincou.


 


Para o filho, a presença do pai é essencial. “O maior presente que posso dar ao meu pai será conquistar um bom resultado, sem colocar em risco a nossa integridade física, pois sei que ele fica angustiado quando estamos dentro das especiais”, encerrou Guido.


 


 


Classificação da etapa


 


Carros


1º Paulo Nobre/Filipe Palmeiro               3h57min19


2º Guilherme Spinelli/Marcelo Vivolo      4h00min02


3º João Franciosi/Eduardo Bampi          4h10min08


4º Mauricio Neves/Clécio Maestrelli       4h10min56


5º Reinaldo Varela/Marcos Macedo       4h13min26


 


 


Caminhões


1º Edu Piano/Solon Mendes/Davi Fonseca                    1h16min37
2º Guido Salvini/Weidner Moreira/Fernando Chawaigter  1h21min18
3º Amable Barrasa/José Papacena/Raphael Berttoni      1h26min35


4º Ricardo Domingues/Fausto Dallape/Henrique Furika   1h27min07


5º Felício Bragante/Ricardo Costa                                 1h27min30

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *