Rally: Salvini Racing vence o Rally de Pomerode

Com uma pilotagem agressiva por trilhas estreitas, trechos sinuosos em encostas de montanhas e precipícios e, principalmente, de piso escorregadio, a equipe Salvini Racing vence a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country e assume a liderança da competição.

A performance desenvolvida pela equipe Salvini Racing ao longo da 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Cross-Country, despertou a admiração de todos os competidores do evento, que fizeram questão de cumprimentar o piloto Guido Salvini, o navegador Weidner Moreira e o co-piloto Fernando Chwaigert, pela valentia em pilotar o caminhão Mercedes-Benz Atego 1725 numa pista estreita, sinuosa e escorregadia a beira de precipícios.


 


A prova – organizada pela Federação de Automobilismo de Santa Catarina – aconteceu neste sábado, dia 12 abril, na cidade de Pomerode, SC, passando pelas regiões de Indaial, Blumenau e Timbó. Dos 120 quilômetros previstos para a etapa, 20 foram cancelados por falta de segurança, visto que alguns moradores invadiram a pista. Foram quatro especiais, sendo dois roteiros percorridos por duas vezes.


 


Choveu durante o dia, o que deixou o piso da primeira especial extremamente liso. “O trabalho foi colocar o caminhão no trilho. Ele escorregava bastante e foi preciso muito braço para não perder o controle do veículo. Como a previsão do tempo não era de chuva, não trouxemos pneus adequados para esse tipo de terreno”, contou Moreira.


 


A briga pela vitória foi bastante disputada. A Salvini Racing precisava superar os seus principais concorrentes, Amable Barrasa e Eduardo Sachs. “Entramos na última especial decididos a vencer. O piloto colocou a ‘faca entre os dentes’ e andou no ‘tudo ou nada’. Nunca vi o Guido tocar tão bem, com uma pilotagem agressiva, ignorando todos os obstáculos já citados, além de subidas e descidas”, comentou o navegador.


 


Com a vitória, a Salvini Racing assume a liderança do Brasileiro empatada com Barrasa e Sachs, e parte para a decisão do certame em igualdade de condições. Agora, o próximo desafio deste time é o 16º Rally dos Sertões, onde eles almejam a vitória na Geral e o “tri” na categoria T4.2 – destinada aos caminhões acima de 4.800 quilos.


 


Nos carros, os melhores do Rally de Pomerode foram Jean Azevedo e Youssef Haddad, seguidos por Mauricio Neves e Clécio Maestrelli e Fellipe Bibas e Emerson Cavassin.


 


Classificação do Rally de Pomerode – 2ª etapa do Brasileiro


 


Caminhões


 


1º Guido Salvini/Weidner Moreira/Fernando Chwaigert, 1h39min50


2º Amable Barrasa/Eduardo Sachs/ Raphael Bertoni, 1h49min34


3º Ulisses Marinzek/José de Carvalho, N/C


 


Carros


 


1º Jean Azevedo/Youssef Haddad, 1h24min41


2º Mauricio Neves/Clécio Maestrelli, 1h46min10


3º Fellipe Bibas/Emerson Cavassin, 1h25min29


4º Reinaldo Varela/Marcos Macedo, 1h27min00


5º Jorge Wagenfuhr/Boby Peres, 1h28min31

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *