Rally: Sustentabilidade será foco principal do Dakar 2011, diz Kolberg

ASO, empresa responsável pela organização do Rally Dakar, divulgou o roteiro da próxima edição do evento, que pelo terceiro ano consecutivo acontecerá na América do Sul.

Pela terceira vez seguida cruzando os territórios da Argentina e do Chile, a ASO (Amaury Sports Organization) , empresa responsável pela organização do Rally Dakar, vai ampliar sua atenção para a preservação do meio-ambiente. A parceria entre as equipes do rali e diversos órgãos encarregados nas questões ambientais tem sido continuamente realizada em todas as fases de preparação para o Dakar 2011. 
“As rotas estão sendo selecionadas, evitando a passagem por áreas ambientalmente mais sensíveis. Além disso, visando a preocupação com o efeito estufa, uma nova avaliação do rastro do carbono foi encomendada, a fim de determinar o nível de emissão de gases”, destacou Klever Kolberg, que na edição passada inovou no mais exigente e perigoso rali do planeta ao ser o primeiro competidor da história do evento a utilizar-se de um veículo movido a etanol.
Seguindo a tradição, a prova terá um percurso diferente do anteriores. A largada acontece no dia 1º. de janeiro de 2011 em Buenos Aires, rumo a Córdoba mas então mas seguindo rumo norte no território Argentino até San Salvador de Jujuy, quando acontece a travessia da Cordilheira dos Andes, e Calama será a primeira base do rally no Chile.
A caravana continua rumo norte, subindo até Arica, próxima as fronteiras do Chile com o Peru e Bolívia. O Deserto do Atacama será o cenário principal das dificuldades, mas na volta à Argentina os competidores enfrentam novamente as dunas e areias finas de Fiambalá, região que sediou as etapas mais difíceis das duas edições anteriores e deixou muitos competidores pelo caminho.
“Teremos trechos inéditos, muita altitude, calor e grandes distâncias. Com certeza será um rali muito duro, exigindo muito das máquinas, dos pilotos e equipes. O melhor é estar bem preparado.”, disse Klever.
Além disso, segundo Kolberg, a definição adiantada do local e do roteiro facilita a preparação. “Teremos muito mais tempo para trabalhar no carro, para treinar, fazer testes, e também negociar com potenciais empresas interessadas em patrocinar a nossa equipe, que foi a primeira do mundo a correr o Dakar com um carro movido a etanol de cana de açúcar”, destacou o piloto.
Veja as etapas do Rally Dakar 2011:
01/01- Buenos Aires / Victoria 
02/01- Victoria / Córdoba
03/01- Córdoba / San Miguel de Tucumán 
04/01- San Miguel de Tucumán / San Salvador de Jujuy 
05/01- San Salvador de Jujuy / Calama – Chile
06/01- Calama / Iquique
07/01- Iquique / Arica 
08/01- Dia de descanso em Arica
09/01- Arica / Antofagasta 
10/01- Antofagasta / Copiapó 
11/01- Copiapó / Copiapó 
12/01- Copiapo / Fiambalá – Argentina 
13/01- Fiambalá / San Juan 
14/01- San Juan / Córdoba 
15/01- Córdoba / Buenos Aires 
16/01 – Pódio de chegada em Buenos Aires 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *