Regional de Marcas: Alysson Moreno e César Chemin são os campeões de 2007

Temporada de 2007 chega ao fim com Caús buscando reação e tendo de se contentar com o vice no grupo A. Chemin chega ao título com novas vitórias.

Alysson Moreno, no grupo A, e César Chemin, no grupo N, comemoraram na tarde deste domingo (25) a conquista dos títulos de 2007 no Campeonato Regional de Marcas & Pilotos. Moreno subiu ao pódio da sexta e última etapa, no Autódromo Internacional de Cascavel, em segundo lugar, na segunda vitória de Júnior Caús, enquanto Chemin sacramentou a conquista de seu segundo título consecutivo com a vitória nas duas baterias.


Caús, pilotando o Corsa número 2 da Caús Motorsport, dominou todos os treinos livres e a sessão classificatória, mas cometeu um erro na Superpole e teve de largar em quarto na primeira bateria. Assumiu a liderança na oitava volta, mas rodou cinco voltas mais tarde e caiu para quinto. Recuperou-se, venceu a primeira bateria e repetiu a dose na segunda, depois de sair da pista no Bacião e cair para 12º. As duas vitórias, contudo, não lhe foram suficientes.


Moreno, da Seidel Preparações, finalizou a primeira bateria em segundo e a outra em terceiro – revezou as duas colocações com Ingmar Biberg, da Sorbara Motorsport. Moreno subiu ao pódio em segundo lugar, resultado suficiente para o primeiro título de sua carreira no automobilismo. Biberg ficou em terceiro, com Jair Peasson, a Ribecar Competições, em quarto, e Wanderley Faust, também pela Seidel, em quinto na soma dos pontos das baterias.


No grupo N, Chemin, outro piloto da Sorbara Motorsport, enfrentou a forte oposição do vice-líder Leônidas Fagundes Júnior, da Sirtoli Racing, que assumiu a liderança na primeira bateria e a manteve até a 13ª volta, quando ficou parado por uma volta por conseqüência de um problema com o cabo do acelerador. A vitória obtida na primeira bateria, combinada ao nono lugar de Fagundes, definiu a seu favor o título da temporada regional de 2007.


Na soma de pontos das duas baterias, Chemin ficou com a vitória. Miguel Laste, piloto de Toledo que havia conquistado o vice-campeonato em 2006, foi o segundo colocado com o carro da Speed Car. Gelson Veronese levou o Uno da Street Four Motorsport à terceira posição, à frente de Fagundes – que conquistou a segunda posição na bateria final – e de Cido Fernandes, da Sivel Competições, que voltou à competição após quatro etapas de ausência.


No grupo A, Moreno comemorou o título inédito tendo vencido a segunda e a quarta etapa. Na primeira e na terceira, as vitórias foram de Marlon Bastos, seu parceiro na Seidel. Caús, vice-campeão, ganhou as duas últimas corridas. No grupo N, César chega ao título tendo vencido as segunda, quarta e sexta etapas. Fagundes foi vencedor na primeira e fechou o ano como vice-campeão. Diego Barroso, da Ferrari, ganhou a terceira e a quinta.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *