Seletiva de Kart Petrobras: Felipe Guimarães é o campeão da Seletiva de Kart Petrobras 2011

Gabriel Casagrande ficou em segundo e Guilherme Salas em terceiro

A final da 13ª edição da Seletiva de Kart Petrobras já tem o seu campeão: O brasiliense Felipe Guimarães, de 20 anos de idade, após vencer as duas baterias finais no Kartódromo de Registro, São Paulo. Ao todo, com 52 pontos, Felipe ficou 16 à frente de Gabriel Casagrande, do Paraná, e 21 de Guilherme Salas, de São Paulo. Os 12 pilotos com idades entre 14 e 20 anos competiram durante dois dias em busca do prêmio de R$ 110 mil, que ficou com Guimarães, dado ao campeão. O vice, Casagrande, ganhou R$ 8 mil e o terceiro colocado, Salas, R$ 3 mil. Com o resultado, Felipe conquistou seu segundo título da Seletiva de Kart Petrobras, já que em 2006 venceu na categoria Graduados B, apenas para pilotos de 14 e 15 anos.

O campeão, Felipe Guimarães, saiu do Kartódromo de Registro muito feliz com o resultado, após ter vencido todas as corridas durante a final, feito que apenas Rafael Daniel, em 2004, conseguiu. “Estou realmente muito feliz. Foi uma etapa difícil, mas que consegui fazer bem o meu trabalho. Só gostaria de agradecer à todos que me apoiam e por ter conquistado o título da Seletiva de Kart Petrobras logo na última oportunidade em que eu posso disputar, já que estou 20 anos de idade”, revela o piloto. Sobre o seu futuro, o piloto fala:

“Com este prêmio de R$ 110 mil terei mais opções para o meu futuro, mas ainda não tenho nada definido. Tenho algumas possibilidades e que estou estudando com a minha família, então vamos ver”, encerra Felipe Guimarães. O segundo colocado, Gabriel Casagrande, ficou feliz com o vice-campeonato, mesmo contra pilotos tão experientes na disputa. “Esta foi a minha primeira participação na final da Seletiva de Kart Petrobras e estou feliz demais com o resultado”, declara.

“Chegar em segundo em uma disputa contra kartistas tão experientes, foi muito bom pra mim. Agora, para o meu futuro, vou analisar as melhores possibilidades. O melhor de tudo foi ter a oportunidade de aprender com estas cobras criadas”, encerra Gabriel Casagrande. Já o Paulista Guilherme Salas, terceiro colocado, também festejou a oportunidade de participar da final da Seletiva de Kart Petrobras.

“Foi um evento legal, comecei mal ontem, porém nesta quarta eu consegui me recuperar. Não foi o suficiente para ganhar o título, que era o meu objetivo, mas estou feliz pela oportunidade de competir contra tanta gente boa”, encerra Guilherme Salas. O promotor da Seletiva de Kart Petrobras, Binho Carcasci, comemorou o resultado e ressaltou o bom trabalho feito pela competição durante a temporada em busca dos novos talentos do kartismo nacional.

“Estou feliz por ver o resultado do nosso trabalho. O Felipe Guimarães foi o melhor durante a final e mereceu o resultado, parabéns à ele e para todos os nossos 12 finalistas. Acima de tudo, foi ótimo ver um grande evento, com apoio do público e da mídia conosco e testemunhando as disputas destas jovens promessas do kartismo nacional. Temos um piloto experiente, o Felipe, como campeão, mas o Gabriel Casagrande, segundo, novato e como surpresa”.

“Além do Guilherme Salas, em terceiro. Tivemos uma briga boa com pilotos experientes, jovens promessas e por isso tenho a certeza de termos realizado um trabalho bem feito desde a Copa Petrobras Sorriso Campeão, passando por todas as eliminatórias, e chegando até Registro, sede da nossa final”, encerra Binho Carcasci.

O dia final da Seletiva de Kart Petrobras em 2011

A quarta-feira no Kartódromo de Registro, em São Paulo, começou com o treino de aquecimento. Divididos em três grupos, os pilotos puderam dar sete voltas na pista e se prepararem para as provas decisivas do restante da programação. No primeiro grupo, saíram Olin Galli, o mais rápido, Felipe Fraga, o segundo, Victor Fazekas em terceiro e Deivid Lopes o quarto. Logo após, entrou o segundo grupo que foi liderado por Felipe Guimarães, com Jonathan Louis logo atrás, Lucas Nogueira fechando os três primeiros e Fábio Raupp em quarto. Para encerrar a sessão, o terceiro grupo foi dominado por Guilherme Salas, à frente de Gabriel Casagrande, André Pedralli e Gustavo Lima.

Após o treino de aquecimento a primeira repescagem da final foi disputada entre Fábio Raupp, Gustavo Lima e Deivid Lopes. Após grande duelo pela vitória, Raupp voltou à disputa pelo título segunda eliminatória. Com uma pilotagem segura, Louis venceu com Salas em segundo, ambos classificados para a final com o resultado. Raupp, Fraga e Fazekas foram para a disputa da repescagem.

No segundo grupo, Felipe Guimarães largou na pole e venceu, com Gabriel Casagrande em segundo, garantindo aos dois à disputa da final. André Pedralli e Olin Galli, terceiro e quarto respectivamente foram para a repescagem e Lucas Nogueira, que tinha mais pontos no geral em relação aos outros adversários na repescagem foi classificado de forma direta para a disputa dos R$ 110 mil, mesmo chegando na quinta colocação. Na segunda repescagem, realizada após a corrida eliminatória, o grid era: Felipe Fraga, Olin Galli, André Pedralli, Victor Fazekas e Fábio Raupp.

Valendo uma vaga para o final os pilotos foram pra cima, fizeram uma prova disputada, mas ao final das 12 voltas foi Felipe Fraga que conquistou o direito de brigar pelo seu bicampeonato. Para a decisão dos vencedores, duas baterias foram realizadas. Na primeira, a vitória ficou com Felipe Guimarães, seguido por Gabriel Casagrande, Lucas Nogueira, Felipe Fraga, Guilherme Salas e Jonathan Louis, que não completou a corrida. Após a prova, o piloto se desentendeu com um comissário desportivo e o diretor de prova e acabou sendo excluído, desta forma, da corrida e impedido de participar da segunda final por atitude antidesportiva.

Sem a presença do paranaense, a prova final foi disputada por cinco pilotos e, mais uma vez, deu Felipe Guimarães, com Guilherme Salas em segundo, Gabriel Casagrande em terceiro, Felipe Fraga em quarto e Lucas Nogueira em quinto. Somando os resultados de todas as atividades nos dois dias em Registro, Felipe Guimarães conquistou o título da Seletiva de Kart Petrobras 2011 com 52 pontos, deixando Casagrande atrás 16 pontos. Empatados em terceiro, Salas e Lucas Nogueira, deixando a terceira posição do campeonato com Guilherme no critério de desempate, que seria o melhor resultado na corrida de encerramento.

Resultado final:
1 – Felipe Guimarães (DF) – 52 pontos
2 – Gabriel Casagrande (PR) – 36
3 – Guilherme Salas (SP) – 31
4 – Lucas Nogueira (MG) – 31
5 – Felipe Fraga (TO) – 29
6 – Jonathan Louis (PR) – 25
7 – Fabio Raupp (SC) – 17
8 – Olin Galli (RJ) – 16
9 – Victor Fazekas (PE) – 13
10 – André Pedralli (PR) – 12
11 – Deivid Lopes (RS) – 7
12 – Gustavo Lima (DF) – 7

Campeões da Seletiva de Kart Petrobras:

1999 – Danilo Dirani (SP)
2000 – Júlio Campos (PR)
2001 – Sérgio Jimenez (SP)
2002 – Rafael Daniel (SP)
2003 – Rafael Daniel (SP)
2004 – Rafael Daniel (SP)
2005 – Guilherme de Conto (PR) – Graduados A e Gabriel Dias (PR) – Graduados B
2006 – Guilherme de Conto (PR) – Graduados A e Felipe Guimarães (DF) – Graduados B
2007 – Rafael Suzuki (SP)
2008 – Leonardo Cordeiro (SP)
2009 – Jonathan Louis (PR)
2010 – Felipe Fraga (TO)
2011 – Felipe Guimarães

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *