SL Fórmula: David Rigon leva o Anderlecht ao título de 2010

O italiano David Rigon levou o belga Anderlecht ao título da temporada 2010 da Superleague Formula. O Anderlecht somou 699 pontos, apenas dois a mais do que o britânico Tottenham Hotspur, defendido pelo britânico Craig Dolby. Foi o segundo título de Rigon, que em 2008, ano de estreia da categoria, defendeu o chinês Beijing Guoan.

Prova 1:

O australiano John Martin, do Beijing Guoan, venceu a primeira prova em Navarra. Rigon e Dolby completaram o pódio.

Martin assumiu a ponta na largada, superando o pole-position Rigon, e abrindo 2s6 sobre o italiano antes dos pit stops obrigatórios. Após a parada Martin aumentou a sua vantagem vencendo com seis segundos sobre Rigon. Dolby foi o 3º.

O espanhol Andy Soucek, do Flamengo, terminou em 4º, seguido pelo francês Franck Perera, do Girondins de Bordeaux, e o alemão Max Wissel, do Basel. O holandês Robert Doornbos, do Corinthians, foi o 9º.

Com o segundo lugar o Anderlecht aumentou para 23 pontos a vantagem no campeonato sobre o Basel, que tem um a mais do que o Tottenham Hotspur. Dois concorrentes saíram da luta pelo titulo após a prova: o Milan, que terminou em 7º com o holandês Yelmer Buurman e o Olympiacos, 12º com o britânico Ben Hanley (que levou um drive-through por cortar a linha branca na saída do pit, em disputa com Doornbos).

Retornando a categoria, o neozelandês Chris van der Drift, do Galatasaray, rodou na 6ª volta e abandonou.

Final, prova 1:

1.  John Martin Beijing Guoan  41m02m447
2.  Davide Rigon RSC Anderlecht  + 6.050
3.  Craig Dolby Tottenham Hotspur + 14.256
4.  Andy Soucek Flamengo + 16.122
5.  Franck Perera  Girondins de Bordeaux + 16.846
6.  Max Wissel FC Basel + 30.455
7.  Yelmer Buurman AC Milan + 31.198
8.  Alvaro Parente FC Porto + 31.424
9.  Robert Doornbos Corinthians + 32.640
10.  Adrian Valles Sporting Clube de Portugal + 40.660
11.  Esteban Guerrieri PSV Eindhoven  + 50.908
12.  Ben Hanley Olympiacos + 58.860
13.  Maria de Villota Atletico de Madrid + 1m10.416
14.  Tristan Gommendy Olympique Lyonnais  + 1m12.234
15.  Marcos Martinez Sevilla FC  + 1m19.751
16.  Frederic Vervisch Liverpool FC + 1 volta

Abandonos:

Chris van der Drift Galatasaray  6 voltas
Maxi Cortes AS Roma 2 voltas

Prova 2:

O português Álvaro Parente, do Porto, venceu a segunda prova. O argentino Esteban Guerrieri (PSV Eindhoven) terminou em 2º, seguido pelo espanhol Marcos Martinez, do Sevilla.

Logo nas primeiras voltas uma rodada de espanhol Adrian Valles, do Sporting Clube de Portugal, deixou a prova em bandeira amarela, por um motivo insólito. O resgate enviado para retirar o carro do espanhol ficou preso em um buraco, sendo necessário outro veiculo para fazer o serviço. O alemão Max Wissell, do Basel, viu as suas chances de titulo acabarem ao ficar parado atrás do carro rodado de Valles, perdendo muitas posições.

Pouco depois do reinicio, Martin (que é parceiro de equipe de Dolby) fechou Rigon. O italiano rodou, caindo para 11º.

Parente venceu com 1s8 de vantagem sobre Guerrieri. Martinez foi o 3º. No final da prova Dolby superou o espanhol Maxi Cortes, do Roma, pelo quarto lugar, levando a decisão do título para a Superfinal. Martin, que saiu em último, fechou os seis primeiros.

Os representantes brasileiros abandonaram. Soucek ainda na volta inicial e Doornbos na 6ª.

Rigon entrou na decisão do titulo, com quatro pontos de vantagem sobre Dolby. A vitória na Superfinal vale seis pontos.

Final, 2ª prova:

1.  Alvaro Parente FC Porto  40m46s976
2.  Esteban Guerrieri PSV Eindhoven + 1.893
3.  Marcos Martinez Sevilla FC + 6.681
4.  Craig Dolby Tottenham Hotspur + 7.042
5.  Maxi Cortes AS Roma + 8.209
6.  John Martin  Beijing Guoan + 9.171
7.  Chris van der Drift  Galatasaray + 11.663
8.  Ben Hanley Olympiacos + 11.963
9.  Franck Perera Girondins de Bordeaux + 12.395
10.  Maria de Villota Atletico de Madrid + 13.459
11.  Davide Rigon RSC Anderlecht + 14.351
12.  Yelmer Buurman AC Milan + 14.848
13.  Tristan Gommendy Olympique Lyonnais + 15.906
14.  Max Wissel FC Basel + 19.646

Abandonos:

Robert Doornbos  Corinthians 6 voltas
Adrian Valles Sporting Clube de Portugal  5 voltas
Frederic Vervisch Liverpool FC 5 voltas

Andy Soucek Flamengo 0 volta

Superfinal:

Martin venceu a Superfinal, seguido por Dolby e Guerrieri.

Tendo que vencer e torcer contra Rigon, Dolby assumiu a ponta na largada, com Rigon, ganhando uma posição, indo para 3º, mas perdendo a posição para Guerrieri antes do final da primeira volta.

No começo da segunda volta Rigon caiu para 4º, com a ultrapassagem de Perera, seu parceiro de equipe. Com Dolby líder, os dois estavam empatados no campeonato.

Contudo na curva três, da quarta volta, Martin superou Dolby, assumindo a liderança. Como esperado na penúltima volta Rigon passou Perera, garantindo o seu bi-campeonato com dois pontos de vantagem.

Martin venceu com 1s9 de vantagem sobre Dolby, que foi seguido por Guerrieri. Rigon foi o 4º, com Perera na 5ª posição. Parente terminou a prova em 6º.

Pela vitória Martin faturou o prêmio de Cem Mil Euros. O Bi-campeão Rigon ficou com um cheque de Um Milhão de Euros.

O Anderlecht sagrou-se campeão com 699 pontos, contra 697 do Tottenham Hotspur. O Basel foi o 3º com 667, seguido pelo Olympiacos, com 653. O Milan foi o 5º com 631, com o Flamengo na 6ª posição com 540. O Corinthians terminou em 12º com 363 pontos.

Final, superfinal:

1.  John Martin Beijing Guoan 7m26s597
2.  Craig Dolby Tottenham Hotspur + 1.952
3.  Esteban Guerrieri  PSV Eindhoven + 5.155
4.  Davide Rigon RSC Anderlecht + 5.566
5.  Franck Perera Girondins de Bordeaux  + 8.320
6.  Alvaro Parente FC Porto + 8.351

Campeonato, final:

1. RSC Anderlecht 699
2. Tottenham Hotspur 697
3. FC Basel 1893 667
4. Olympiacos 653
5. AC Milan 631
6. Flamengo 540
7. FC Porto 490
8. AS Roma 458
9. Beijing Guoan FC 453
10. Liverpool FC 439
11. Girondins de Bordeaux 372
12. Corinthians 363
13. Galatasaray 358
14. Sevilla FC 355
15. Sporting Clube de Portugal 329
16. PSV Eindhoven 288
17. Atlético de Madrid 265
18. Olympique Lyonnais 235
19. Team China 26

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *