Sprint Race: Rosate/Smielevski (PRO) e Coutinho/Trindade são campeões da International Cup

Em uma disputa emocionante em Rivera, no Uruguai, pilotos ficaram com o título após as três provas no exterior válidas da temporada.

O circuito de 3.100 metros do Autódromo Eduardo Prudêncio Cabrera, na cidade de Rivera, localizada na região de fronteira do Brasil com o Uruguai, recebeu pela segunda vez a Sprint Race. Cenário das duas grandes corridas da terceira e decisiva etapa da International Cup, torneio inédito da competição na temporada 2019, que consagrou João Rosate/Bruno Smielevski na categoria PRO e Daniel Coutinho/Eduardo Trindade como campeões.

“Na corrida mantive a concentração para conseguir garantir o resultado. Estou muito contente com a conquista em terras uruguaias e o primeiro título na primeira temporada completa pela Sprint Race, foi um longo caminho percorrido e muita dedicação que valeram a pena”, declarou o pessoense Daniel Coutinho.

Já seu companheiro no cockpit do SR#17, Dudu Trindade diz que o título foi fruto de determinação da dupla. “Fui com o coração aberto, sem grandes perspectivas para as provas nos Estados Unidos e foi uma grande surpresa os resultados em Homestead e Sebring, para completar fizemos a pole e a vitória do Daniel e o meu terceiro lugar no pódio na segunda, é surreal”, complementou o piloto pernambucano.

“O primeiro título da história da International Cup, consolida o nosso trabalho, tanto meu como do Bruno. Temos sido constantes até aqui. Agora, vamos atrás dos pontos nas duas etapas finais do calendário para garantir mais um título da categoria, a Overall”, comenta o goiano João Rosate. “É muito gratificante saber que mantivemos um nível muito competitivo”, completa o catarinense Bruno Smielevski.

Guest Driver

Português Lourenço Beirão, convidado exclusivo para o final de semana da Sprint Guest Driver Race, garantiu a primeira posição no pódio da PRO e contou como foi a sua primeira experiência na Sprint Race. O piloto ainda marcou a melhor volta na 18ª volta, em 59s459.

“Foi uma corrida muito difícil, precisei imprimir um ritmo forte para uma disputa bravíssima com os pilotos que estavam à frente no pelotão, sendo que larguei da oitava posição. Consegui aproveitar bem as voltas seguintes a entrada do safety car e ultrapassar na hora certa. Estou feliz da vida, não posso querer mais nada, consegui chegar e ganhar, melhor impossível”, destacou o piloto que esteve a bordo do carro #55.

“Só tenho que agradecer a oportunidade de poder participar dessa etapa da Sprint, conhecer o carro que por sinal é sensacional, ao Thiago Marques, a todos os pilotos e organização do evento pela acolhida e ao pessoal da internet pelo voto. Foi emocionante e prazerosa a experiência de dividir os boxes e a pista com esses grandes talentos da categoria”, finalizou Lourenço Beirão.

Vencedores da etapa

Na primeira prova, Lourenço Beirão (primeiro colocado na geral e na PRO) e Daniel Coutinho (quarto na geral e primeiro na GP) e, na segunda bateria – corrida noturna -, Pedro Lopes (primeiro na geral e na PRO) e Rafael Seibel (sexto na geral e primeiro na GP) confirmaram o favoritismo, mostraram que estão em excelente fase e competitivos, ao longo do final de semana até cruzarem a linha de chegada no certame realizado neste sábado, 19.

“A corrida noturna é sempre um grande desafio, ainda mais competindo nesse circuito pela primeira vez, soube administrar e manter um bom ritmo. Por fim, deu tudo certo e estou muito feliz”, festejou Pedro Lopes que comanda o SR#18.

Emocionado Rafael Seibel festejou muito na chegada com o carro em frente ao pódio. “Tive um final de semana que foi preciso estratégia e foco. Contei com a presença da família na torcida, pai, esposa e filho, foi essencial. Não acreditei quando estava chegando no finalzinho foram duas ultrapassagens na última volta, não poderia ter terminado melhor essa temporada da International Cup da Sprint”, falou o piloto do SR#19.

Sobre a Sprint Internacional Cup – Três das nove etapas da Sprint Race 2019 compõem a International Cup. Além da final em Rivera, computam também o resultado das corridas nos Estados Unidos (3ª etapa, em Homestead, em 30 de julho, e a 4ª etapa, em Sebring, em 07 de agosto). As disputas tiveram o mesmo formato do calendário nacional, com dois treinos oficiais, duas provas de classificação individuais e duas corridas.

As exibições das corridas acontecem durante a semana seguinte de cada etapa, na programação no canal por assinatura PlayTV; na emissora RedeTV!, com reportagens no programa Auto+, além cobertura completa no Programa Acelerados – no SBT e no YouTube (youtube.com/acelerados), e do Programa National Sports Channel (em São Paulo, no canal 26 da Operadora Vivo, canal 26; demais regiões nacionais, pela COMBRASIL – Operadoras Sky e OI TV, ambas no canal 28, exibição nacional e que conta com nove reprises).

A próxima disputa da Sprint Race será no autódromo do Velo Città, Mogi Guaçu (SP/BRA) com a Sprint Setup Free, nos dias 29 e 30 de novembro.

A Sprint Race Brasil conta com o patrocínio da aQuamec, Yokohama, Militec1, Permabond, Fremax, Motul e Vivamil.

 

Confira o resultado da etapa de Rivera (URU):

 

Corrida 1 – Diurna

1°) 55 Lourenço Beirão, PRO, 18 voltas, 21m22s693

2°) 18 Pedro Lopes, PRO, a 1s599

3°) 858 João Rosate / Bruno Smielewski, PRO, a 2s746

4°) 17 Daniel Coutinho / Eduardo Trindade, GP, a 13s275

5°) 07 Kau Machado / Dante Fibra, PRO, a 15s081

6°) 61 Allan Croce / Lucca Croce, PRO, a 21s371

7°) 97 Josimar Jr., GP, a 21s589

8°) 85 Eduardo Menossi, GP, a 24s709

9°) 44 Luiz Arruda, GP, a 30s822

10°) 99 Vinny Azevedo / Daniel Mageste, GP, a 38s957

11°) 19 Rafael Seibel, GP, a 43s881

12°) 82 Gerson Campos, PRO, a 1 volta

13°) 111 Fabrício Larratea, PRO, a 1 volta

14°) 28 Luiz Floss, PRO, a 10 voltas

Melhor volta: #55 Lourenço Beirão, 59s459 na 18ª volta a 187,692 km/h

 

Corrida 2 – Noturna

1°) 18 Pedro Lopes, PRO, 18 voltas, 21m10s416

2°) 28 Luiz Floss, PRO, a 0s244

3°) 82 Gerson Campos, PRO, a 0s753

4°) 07 Dante Fibra, PRO, a 1s135

5°) 111 Fabrício Larratea, PRO, a 4s260

6°) 19 Rafael Seibel, GP, a 6s653

7°) 44 Luiz Arruda, GP, a 11s700

8°) 17 Eduardo Trindade, GP, a 17s858

9°) 97 Josimar Jr., GP, 1 volta

10°) 85 Eduardo Menossi, GP, 1 volta

11°) 61 Lucca Croce, PRO, 1 volta

12°) 99 Daniel Mageste, GP, 1 volta

13°) 858 Bruno Smielewski, PRO, a 3 voltas

14°) 55 Lourenço Beirão, PRO, a 7 voltas

Melhor volta: #28 Luiz Floss, 1m00s200 na 18ª volta a 185,382 km/h

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *