Sprint Race: Sempre uma emoção a cada etapa

Temporada tem sido agitada com motores em seu giro máximo, recorde de velocidade e corridas repletas de ultrapassagens. Na disputa da penúltima etapa, em Curitiba, pilotos prometem acelerar em busca do maior número na tabela de classificação da PRO e da GP

A Sprint Race é atração nos circuitos nacionais e tem uma programação de muita velocidade, técnica e emoção. Assim como aconteceu nos anos anteriores, a quarta edição da competição também vêm apresentando um grande equilíbrio e têm tudo para fazer uma grande festa novamente na capital paranaense nos dias 14 e 15 de novembro. 

Prova disso, foi a última etapa no circuito oval (anel externo) do Autódromo Internacional de Curitiba, só na segunda prova da rodada foram computadas 91 ultrapassagens nos 25 minutos de corrida. E um dos destaques foi o jovem piloto Luca Milani, de 19 anos, que faz sua segunda temporada na Sprint Race no comando do carro #77. 

“Correr no oval é uma experiência única. O carro realmente é rápido e o vácuo que ele proporciona é sensacional. Na reta oposta é a maior velocidade que já andei na temporada, o carro ultrapassou 200 km/h. Tive um carro ótimo e competitivo em todo o final de semana, isso ajudou nas minhas conquistas. Nas etapas finais do campeonato quero buscar resultados ainda melhores”, disse o paulista Milani.

Com seis das oito etapas já realizadas (doze corridas das 16 programadas), sendo que haverá o descarte dos dois piores resultados ao final da temporada, o momento é de marcar o maior número de pontos possível para se conseguir uma vantagem em relação aos demais. Segundo regulamento ainda estão em jogo 150 pontos, contando com pontos dobrados na etapa de Interlagos em 20 de dezembro.

A regularidade é item importantíssimo em uma categoria de nível tão alto como a Sprint Race. Tamanho equilíbrio se traduz na tabela do campeonato. Líder e vice-líder da PRO separados por apenas cinco pontos e, do primeiro ao sexto lugar são 50 pontos. Os dez primeiros do campeonato após etapa no Oval de Curitiba são os seguintes: 1º) Billy Zonta/ Felipe Lobo, 203 pontos; 2º) Gustavo Kiryla, 198; 3º) Flávio Lisboa/ Caito Vianna, 192; 4º) Pietro Rimbano, 181; 5º) Berlanda Jr/ Lucas Villela, 155; 6º) Enzo Bortoleto, 148; 7º) Luca Milani, 124; 8º) Marco Garcia, 98 e 9º) Luiz Santos/ Lucas Gohr, 94.

Na categoria GP também não é diferente, líder e vice líder estão separados por apenas quatro ponto: 1º) Kau Machado, 259 pontos; 2º) Fábio Brecailo, 255; 3º)Felipe Rabello/ Matheus Marini, 202; 4º) Eduardo Serratto/ Marcelo Rodriguez, 153; 5º) Vinícius Margiota, 152; 6º) Osman Didi, 151; 7º) Caê Coelho, 90; 8º) Rodrigo Gil, 84; 9º) Rodrigo Matos, 72 e 10º) Roberto Milani, 26.

As emoções também poderão ser vistas pelos fãs que não estiverem no autódromo. Os canais BandSports e Play TV mostrarão a sétima etapa da Sprint Race em VT durante a semana. 

E a próxima etapa da Sprint Race acontece em 15 de novembro no Autódromo de Curitiba, que fica localizado na cidade de Pinhais, na região metropolitana da capital paranaense.

A Sprint Race têm patrocínio da Alpina, Pirelli, Ecopads, Bardhal, Fremax e Rio Custom.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *