Spyder Race: Carros sofrem com aquaplanagem durante classificação

Henrique Assunção é o pole para a sexta etapa, na molhada pista de Interlagos.

O clima frio e chuvoso da capital paulista neste sábado fez com que os pilotos da Spyder Race redobrassem o cuidado com as curvas de Interlagos por causa da aquaplanagem em alguns pontos de alagamento. Além das condições meteorológicas desfavoráveis, a pista teve trechos com óleo, o que deixou o asfalto mais escorregadio ainda. Sob estas condições, Henrique Assunção cravou a pole-position da categoria e foi o único piloto a fazer uma volta abaixo da casa de 2 minutos.

Ao seu lado na primeira fila está Celso Freitas, que ficou a apenas 2 décimos da pole. A manhã não foi boa para os primeiros colocados na tabela de pontos do campeonato. O líder Fabio Perez larga em 4º e Sergio Pistili, o vice-líder, larga apenas em 11º. Apenas um ponto atrás de Pistili na tabela, Hyppolito Martinez vai alinhas em 6º.

“O carro já estava com o setup pré-definido para chuva porque treinamos durante a semana com essas condições. Mas a pista estava ruim, tinha vários pontos com óleo e os carros escorregavam muito. O segredo foi fazer o carro rolar naturalmente, sem forçar a aceleração nem abusar do freio. E essa tocada limpa foi a chave para essa pole. Eu sabia que se quisesse sair na frente teria de virar abaixo de 2 minutos e foi o que aconteceu. Meu carro está perfeito para essas condições e tomara que continue chovendo”, comentou o piloto.

Os quatro primeiros do grid cravaram os tempos com diferença menor que 1 segundo entre eles e com a previsão de chuva para o domingo, a largada deve ser agitada e não se pode apontar um favorito para a vitória.

Entre os pilotos da divisão Light, Marco Cozzi foi novamente o mais rápido na classificação e larga em 9º no grid combinado. Cozzi destacou ainda os problemas que teve durante a tomada de tempos nesta manhã, que o fez ficar sem comunicação com sua equipe nos boxes.

“Tive algumas dificuldades com o carro por causa do mau tempo. Logo que a categoria Light entrou na pista para a classificação, a chuva apertou e dificultou muito para nós. E meu rádio queimou por causa da água que entrou quando estava esperando a liberação da pista e fiquei sem comunicação nenhuma com minha equipe. Por causa disso não consegui avisar que queria parar para mexer no acerto e torcar os pneus”, lamentou Cozzi. “Pus os compostos de chuva já usados e aí o carro melhorou um pouco, mas o acerto não era o ideal. Consegui fazer virar o melhor tempo só nas últimas voltas. Vamos confiar nesse equipamento para fazer uma boa largada e tentar ganhar posições nas primeiras voltas. E temos de contar com a sorte”, avaliou ele.

A prova válida pela sexta etapa da Spyder Race está marcada para as 10h30 deste domingo no autódromo de Interlagos. Confira como terminou a tomada de tempos da categoria:

Grid de largada – 6ª etapa

1- Henrique Assunção, 1m59s956
2- Celso Freitas, 2m00s212
3- Fernando Fortes, 2m00s548
4- Fábio Perez, 2m00s610
5- Rodrigo Posses, 2m01s946
6- Hyppólito Martinez, 2m02s116
7- José Cardoso, 2m02s524
8- Fulvio Marotte, 2m02s644
9- Marco Cozzi (L), 2:02.999
10- Jacomo Sanzon (L), 2m02s685
11- Sergio Pistili, 2m03s965
12- Silva/ Ventura, 2m07s316
13- Ronaldo Kastropil (L), 2m08s666
14- Felipe Benitez (L), 2m12s303
15- Evandro Pelati (L), 2m13s247
16- Alexandre Camara (L), 2m15s779
17- Paulo Kato (L), 2m18s175

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *