Stock: 51 Pilotos na pista e 45 separados por um segundo na sexta-feira

Treino em Curitiba foi o mais agitado e equilibrado da história da Stock Car.

A Stock Car viveu o dia mais agitado e competitivo de sua história. Afinal, nesta quinta-feira (06/9) 51 carros se apresentaram no circuito externo do Autódromo Internacional de Curitiba para os primeiros treinos livres da sétima etapa da Copa Nextel, e 44 pilotos ficaram separados por menos de um segundo, fato inédito na modalidade. “Isto mostra o crescimento e sucesso da categoria, pois nunca em sua história tantos pilotos se inscreveram. E este equilíbrio entre os carros mostra o quanto as equipes evoluíram e o tanto que é difícil se destacar na Stock Car hoje em dia”, opinou o paulista Paulo Salustiano (Inpacom/Nicoboco/Sawary/RedeTV), que terminou o dia com o 45º tempo, a 1s021 do carioca Cacá Bueno (Eurofarma RC), líder do campeonato e piloto mais rápido com a marca de 51s128, a 179,54 km/h de média de velocidade.

O treino de classificação que determinará os 38 pilotos que terão direito a largar na corrida promete ser bem disputado. A partir das 10h50 deste feriado de 7 de setembro todos os pilotos irão para a tomada de tempos, podendo completar o máximo de 16 voltas no traçado de 2.550 metros no período de 1h30. “Está pauleira aqui. Estou meio segundo atrás e fiquei com o 19º tempo. Qualquer detalhe dará uma diferença grande no posicionamento. Um décimo a menos ou a mais te joga para décimo ou 30º”, constata o catarinense Mateus Greipel, da equipe M4T/WAS. A partir das 12h50 os 10 pilotos mais rápidos participarão da Super Classificação, que determinará o pole position e a formação das cinco primeiras filas desta etapa histórica.

A corrida será realizada no sábado, com largada as 10h15, e transmissão ao vivo pela Rede Globo de Televisão.

Os tempos combinados dos treinos livres da Stock Car na sexta-feira foram:
1º)  Cacá Bueno  (ML, RJ), 51.128, média de 179,54 Km/h
2º)  Carlos Alves  (VB, SP), 51.302
3º)  Antonio Jorge Neto  (ML, SP), 51.314
4º)  Valdeno Brito  (P3, PB), 51.415
5º)  Ricardo Sperafico  (P3, PR), 51.427
6º)  Enrique Bernoldi  (VB, PR), 51.434
7º)  Pedro Gomes  (P3, SP), 51.482
8º)  Felipe Maluhy  (ML, SP), 51.487
9º)  Jose Cordova  (ML, PR), 51.499
10º)  Alceu Feldmann  (CA, PR), 51.521
11º)  Ricardo Mauricio  (CA, SP), 51.556
12º)  Thiago Camilo  (CA, SP), 51.566
13º)  Daniel Landi  (P3, SP), 51.586
14º)  Juliano Moro  (ML, RS), 51.599
15º)  Thiago Marques  (VB, PR), 51.610
16º)  Diogo Pachenki  (CA, PR), 51.612
17º)  Duda Pamplona  (ML, RJ), 51.614
18º)  William Starostik  (ML, SP), 51.630
19º)  Mateus Greipel  (CA, SC), 51.647
20º)  Ingo Hoffmann  (ML, SP), 51.651
21º)  Chico Serra  (P3, SP), 51.668
22º)  Rafael Daniel  (CA, SP), 51.681
23º)  Marcos Gomes  (CA, SP), 51.685
24º)  Alan Hellmeister  (ML, SP), 51.686
25º)  Rodrigo Sperafico  (VB, PR), 51.690
26º)  Hoover Orsi  (VB, MS), 51.703
27º)  Fábio Carreira  (CA, SP), 51.722
28º)  Ricardo Zonta  (P3, PR), 51.734
29º)  Luciano Burti  (VB, SP), 51.750
30º)  Renato Jader  (VB, SP), 51.754
31º)  Allam Khodair  (CA, SP), 51.761
32º)  David Muffato  (P3, PR), 51.764
33º)  Popó Bueno  (CA, RJ), 51.769
34º)  Antonio Pizzonia  (VB, AM), 51.793
35º)  Felipe Gama  (CA, SP), 51.818
36º)  Ruben Fontes  (P3, GO), 51.840
37º)  Tarso Marques  (ML, PR), 51.844
38º)  Guto Negrão  (P3, SP), 51.861
39º)  Giuliano Losacco  (CA, SP), 51.893
40º)  Lico Kaesemodel  (ML, PR), 51.904
41º)  Atila Abreu  (VB, SP), 51.912
42º)  Ruben Carrapatoso  (ML, SP), 51.982
43º)  Daniel Serra  (VB, SP), 52.005
44º)  Nono Figueiredo  (ML, SP), 52.022

45º)  Paulo Salustiano  (CA, SP), 52.149
46º)  Christian Conde  (ML, SP), 52.193
47º)  Thiago Medeiros  (P3, SP), 52.380
48º)  Paulo Gomes  (VB, SP), 52.500
49º)  Aldo Piedade Jr  (ML, SP), 52.547
50º)  Alan Chanoski  (ML, PR), 52.688
51º)  Hybernon Cysne  (CA, CE), 52.964

Foto: Andre Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *