Stock: Carro de Duda acertado para a corrida

Treino em Curitiba foi o mais equilibrado do ano.

Poucos treinos da atual temporada do Campeonato Brasileiro de Stock Car foram tão surpreendentes quanto o de hoje (quinta, 6), que abriu a programação da sétima etapa do certame, que será disputada sábado em Curitiba. Entre os motivos para essa surpresa pode-se citar o clima inesperadamente quente para esta época do ano na capital paranaense e o fato de 44 carros terem marcado tempos dentro de uma faixa de um segundo. O carioca Duda Pamplona foi o mais rápido da equipe Officer Motorsport ao marcar o 16. tempo (51s614) contra 51s218 de Cacá Bueno, autor do melhor tempo. Nono Figueiredo teve seu treino prejudicado por uma pane mecânica e ficou em 44º (52s022).

“O mais importante do treino de hoje foi que conseguimos deixar nosso carro bem acertado para as condições de corrida: com pneus usados estive sempre entre os dez mais rápidos”, declarou Pamplona de volta ao box.

Segundo ele, o carro mostrou um rendimento consistente durante o dia “o que mostra que continuamos evoluindo”. Igualmente, o carioca destacou que o ponto forte do seu carro é o rendimento nas curvas, “pois nas retas nosso motor ainda não é o melhor do grid”.  No treino de amanhã (sexta), Duda vai se concentrar no acerto com pneus novos visando disputar a super classificação e, consequentemente, garantir um lugar entre os dez melhores do grid.

Embora fosse esperado um grande equilíbrio nos tempos, o fato de 44 pilotos terem registrado marcas com diferença inferior a um segundo pode ser considerado um novo recorde na história da Stock Car. Esse equilíbrio poderia ser ainda maior caso temperatura ambiente não estivesse próxima da casa dos  30º C, pois à medida que o ar esquenta e a umidade relativa do ar diminui, cai o rendimento dos motores.

Resultado dos treinos:
1º)  Cacá Bueno  (ML, RJ), 51.128, 179,54 Km/h
2º)  Carlos Alves  (VB, SP), 51.302
3º)  Antonio Jorge Neto  (ML, SP), 51.314
4º)  Valdeno Brito  (P3, PB), 51.415
5º)  Ricardo Sperafico  (P3, PR), 51.427
6º)  Enrique Bernoldi  (VB, PR), 51.434
7º)  Pedro Gomes  (P3, SP), 51.482
8º)  Felipe Maluhy  (ML, SP), 51.487
9º)  Jose Cordova  (ML, PR), 51.499
10º)  Alceu Feldmann  (CA, PR), 51.538
11º)  Ricardo Mauricio  (CA, SP), 51.556
12º)  Daniel Landi  (P3, SP), 51.586
13º)  Juliano Moro  (ML, RS), 51.599
14º)  Thiago Marques  (VB, PR), 51.610
15º)  Diogo Pachenki  (CA, PR), 51.612
16º)  Duda Pamplona  (ML, RJ), 51.614
44º)  Nono Figueiredo  (ML, SP), 52.022

Foto: Bruno Terena

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *