Stock: Agora é a hora da verdade!

Starostik vai em busca da classificação para equipe RCM Motorsport.


Nexta sexta-feira (12/10), aqui no Brasíl é o feriado de Nossa Senhora de Aparecida e também comemorada a festividade do dia das crianças. Os pilotos da Copa Nextel Stock Car não irão desfrutar de folga, muito pelo contrário, será dia de trabalho e trabalho duro. Na Argentina os pilotos começa rão a luta pelo título da temporada 2007 da mais importante categoria de carros de turismo da país e uma das cinco mais destacadas do mundo.
 
O Autódromo Internacional Oscar Alfredo Galvez, localizado em Buenos Aires, irá abrir as quatro provas que decidirão o campeão de 2007, e somente os dez pilotos que se classificaram para o play-off estão nesta batalha. Nem por este motivo a vida é mais fácil para os demais 41 que competem na categoria, alguns lutam pelos seus primeiros pontos no campeonato e outros para garantir uma das 16 vagas para suas equipes no próximo ano.
 
O veloz paranaense William Starostik (Jota Quest – Até aonde vai/ TVL/ Sundow/ Hooters ), da RCM Motorsport, é um dos que buscam classificar sua equipe para o próximo ano. Amanhã a categoria terá um treino extra para reconhecimento do traçado de número 9, que será uma novidade para todos.
 
“Vai ser minha estréia internacional com a Stock Car. Ano passado não estava na Copa Nextel, assim não conheço a pista de Buenos Aires”, disse Starostik, que também compete na Fórmula 3 Sul-Americana, mas jamais competiu na capital da Argentina. “Estamos trabalhando duro em busca dos pontos que garantirão a equipe no grid no próximo ano, nosso adversário mais direto é a Full Time mas a briga é muito apertada e só deve se decidir na última prova, em São Paulo”, vaticionou o piloto.
 
A briga pelo título está equilibrada com representantes das quatro marcas: Volkswagem tendo três representantes (Hoover Horsi, Daniel Serra e Rodrigo Sperafico), Mitsubishi com outros três (Cacá Bueno, Ingo Hoffmann e Felipe Maluhy), igual quantidade para Chevrolet (Ricardo Maurício, Thiago Camilo e Marcos Gomes e a Peugeot sendo defendida por Valdeno Brito.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *