Stock: Átila Abreu abandona e sai da briga pelo título

Thiago Marques também fica fora por causa de furos em pneus

A briga pelo título da Copa Caixa Stock Car ficou ainda mais acirrada com a vitória de Cacá Bueno (Red Bull Racing) neste domingo (21/11) em Brasília (DF). Ele assumiu a vice-liderança com 261 pontos, apenas seis atrás de Max Wilson (Eurofarma RC), que terminou em segundo. Allam Khodair (Blau Full Time) recebeu a bandeirada em quinto e ocupa o terceiro posto com 252 pontos, um a mais que Ricardo Maurício (Eurofarma RC) que dominou grande parte da corrida, mas abandonou.

Quinto colocado no campeonato, com 234 pontos, Átila Abreu (AMG Motorsport/3M/Poliron/Ferramentas Beta) foi outro piloto obrigado a abandonar e apesar de ter liderado grande parte do campeonato, já não tem possibilidade de ser o campeão em sua terceira temporada na principal categoria do automobilismo brasileiro.

“Meu carro era rápido, e eu vinha melhor que o Cacá (Bueno) e o Max (Wilson) que viriam a vencer a corrida. Só que no momento em que ultrapassei o Cacá nos tocamos e a carenagem furou o meu pneu”, comentou o mais jovem (23 anos) piloto da Stock Car, que teve que recorrer aos boxes. “Nosso desempenho nos dá a entender que tínhamos grandes chances de vitória aqui, é uma pena”.

O paranaense Thiago Marques (Cimed Medicamentos/Alpina/Super Cola/Votomassa), que largou da 25ª posição, teve um início de prova bem movimentado, mas foi obrigado a entrar uma vez nos boxes até abandonar também exatamente no meio da corrida.

“Meu ritmo era bom, ganhei várias posições, mas por duas vezes tive pneu traseiro esquerdo furado. Nunca vi isto, mas é coisa de corrida, vamos pra outra, desta vez em casa”, disse o ex-campeão brasileiro da Stock Car Light. A etapa de encerramento da Copa Caixa Stock Car vai acontecer dia 5 de dezembro em Curitiba (PR).

Para Maurício Matos, diretor técnico da equipe AMG Motorsport (3M/Poliron/Ferramentas Beta), os pneus furados tiraram a chance do time brigar pelo título e agora só resta lutar pela vitória na última prova.

“Agora temos que tentar ganhar a corrida de Curitiba e ver o que vai dar. Tanto o Átila quanto o Thiago tem condições de vencer lá”, assegura o engenheiro. “Vamos pra última etapa para tentar nossa segunda vitória neste ano. Acho que é a melhor forma de encerrarmos uma temporada em que liderei a metade do campeonato, até termos alguns problemas que nos deixaram fora da luta pelo título”, encerrou Átila. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *