Stock: Átila Abreu capota em Santa Cruz do Sul, veja a incrível imagem

‘Meninão da Stock Car’ ganhou sete posições na primeira volta.

A pista fria e escorregadia do Autódromo Internacional de Santa Cruz traiu Átila Abreu (Joy Kidswear/OTG/ Colonial Rodas/Roca Cestas Básicas/Banco BMG/NHR Táxi Aéreo), o mais jovem piloto da Stock Car. Depois de ganhar sete posições ainda na primeira volta da quarta etapa da Copa Nextel, neste domingo (21/6), o sorocabano perdeu o controle de seu Peugeot na quinta passagem e capotou. “A pista estava muito suja por causa da chuva desta noite e eu errei. Foi uma pena, pois a equipe me deu um excelente carro para esta corrida”, contou.

Partindo da 16ª posição, Átila Abreu fez uma largada agressiva e uma primeira volta muito rápida e ganhou sete posições. “Consegui me posicionar bem na reta e cheguei a apontar em quarto na primeira curva, mas não encontrei espaço para entrar”, relatou o ‘Meninão da Stock Car’.

Mantendo a nona posição, grudado nos ponteiros, o jovem ficou estudando o melhor momento para atacar e ganhar ainda mais postos, até que na quinta passagem escorregou na entrada da chicane. “Fiquei um pouco atravessado e passei por cima na nova zebra que instalaram que é muito alta. Ai, perdi o controle, foi reto para o outro lado, o carro decolou, bateu forte na barreira de pneus e deu um 360 graus no ar”, explicou o piloto da Joy Kidswear/OTG/ Colonial Rodas/Roca Cestas Básicas/Banco BMG/NHR Táxi Aéreo, que saiu ileso.

Apesar de não ter pontuado, Átila já está pensando na quinta etapa da Copa Nextel Stock Car, que será disputada dia 5 de julho, em Campo Grande (MS). “Não adianta ficar choramingando. Assumo que errei e que tinha um bom carro. Então, na próxima vou dar a volta por cima e brigar novamente na frente. A JF Racing é competente e juntos vamos ter muito que comemorar”, avisa o rapaz de apenas 21 anos de idade, que faz sua primeira temporada completa na Stock Car.

O resultado da prova de Santa Cruz do Sul foi:
1º) Cacá Bueno (ML, RJ), 32 voltas em 50:23.192 (média de 134.51 km/h)
2º) Valdeno Brito (CA, PB), a 0.417
3º) Allam Khodair (CA, SP), a 0.907
4º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 1.576
5º) Nonô Figueiredo (ML, SP), a 2.446
6º) Ricardo Mauricio (P3, SP), a 3.897
7º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 5.030
8º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 12.195
9º) Daniel Serra (CA, SP), a 18.097
10º) Tarso Marques (P3, PR), a 18.906
11º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 20.613
12º) Giuliano Losacco (P3, SP), a 22.881
13º) Thiago Marques (P3, PR), a 23.270
14º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 30.122
15º) Lico Kaesemodel (ML, PR), a 36.303
16º) Hoover Orsi (CA, MS), a 37.213
17º) Juliano Moro (CA, RS), a 39.128
18º) Guto Negrão (CA, SP), a 44.599
19º) Rodrigo Sperafico (ML, PR), a 44.854
20º) Marcos Gomes (CA, SP), a 45.715
21º) Andre Bragantini (P3, SP), a 49.102
22º) William Starostik (P3, SP), a 58.220
23º) David Muffato (P3, PR), a 1:07.598
24º) Julio Campos (P3, PR), a 2 voltas
25º) Ricardo Sperafico (P3, PR), a 3 voltas
26º) Popó Bueno (CA, RJ), a 5 voltas
27º) Ruben Fontes (ML, GO), a 12 voltas
28º) Thiago Camilo (CA, SP), a 26 voltas
29º) Antonio Pizzonia (P3, AM), a 26 voltas
30º) Atila Abreu (P3, SP), a 27 voltas
31º) Norberto Gresse (P3, SP), a 28 voltas
32º) Pedro Gomes (P3, SP), a 29 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *