Stock: Átila Abreu é o pole nas ruas de Ribeirão Preto

O paulista Átila Abreu (AMG) arrancou à força a pole da quinta etapa da Stock Car, marcada para amanhã na inauguração do circuito de rua de Ribeirão Preto.

Numa sessão classificatória com formato modificado por medida de precaução com a possibilidade de falta de peças sobressalentes em caso de batidas – cada piloto deu duas voltas cronometradas e o sistema de superpole com os seis melhores foi cancelado -, o líder do campeonato chegou a acertar o muro antes de cravar o melhor tempo da sessão única e relegar Ricardo Maurício (RC) para a segunda posição. “Para fazer tempo aqui, tem de andar forte, e não foi à toa que toquei duas vezes na parede”, festejou Abreu, ainda em busca da primeira vitória na Stock Car.A segunda fila será aberta por Xandinho Negrão. Em seu resultado mais expressivo desde a estreia no ano passado, o piloto da Equipe Medley chegou a liderar boa parte da tomada. Com apreensão, acompanhou o restante da prática, mas já consciente de que seria difícil segurar a colocação. “Talvez eu estivesse com o carro certo na hora errada. Entrei na pista no meio do qualifying e o asfalto só foi melhorando até o final”, comentou Xandinho, levemente decepcionado, mas por outro lado satisfeito com o terceiro lugar. “Fizemos um bom trabalho e andei na frente em todos os meus treinos”, lembrou.

Xandinho está em 13º no campeonato e somente os 10 primeiros decidirão o título nas últimas quatro etapas. “O principal, aqui, é marcar pontos, porque preciso descontar a diferença para o pessoal da frente. Mas é claro que as perspectivas são boas. Aliás, sair em terceiro, com o formato de saídas em movimento da Stock Car, é sempre melhor do que em segundo. Vou grudar no grandão (Átila) na largada e procurar não deixá-lo escapar. Temos também de estudar a estratégia mais adequada para reabastecimento”, lembrou.

Abreu partirá de uma posição privilegiada, já que as ultrapassagens serão raríssimas num traçado estreito, curto (2.270 metros) e sem áreas de escape. “Não tem nada definido. A categoria é equilibrada e tem vários pilotos andando junto. Os muros estão sempre próximos e muita coisa ainda pode acontecer”, ressalvou.

O Grande Prêmio de Ribeirão Preto começará às 11 horas, com transmissão ao vivo pela TV Globo.

O grid ficou assim:

1 Átila Abreu 1:08.910 Chevrolet
2 Ricardo Mauricio 1:09.536 Chevrolet
3 Xandinho Negrão 1:09.545 Chevrolet
4 Antonio Pizzonia 1:09.619 Chevrolet
5 Daniel Serra 1:09.669 Peugeot
6 Gustavo Sondermann 1:09.796 Chevrolet
7 Felipe Maluhy 1:09.852 Chevrolet
8 Cacá Bueno 1:09.875 Peugeot
9 Valdeno Brito 1:09.966 Chevrolet
10 Ricardo Zonta 1:09.997 Chevrolet
11 Max Wilson 1:10.013 Chevrolet
12 Marcos Gomes 1:10.019 Peugeot
13 Nonô Figueiredo 1:10.023 Chevrolet
14 Luciano Burti 1:10.099 Peugeot
15 Cláudio Ricci 1:10.146 Peugeot
16 Allam Khodair 1:10.156 Peugeot
17 Diego Nunes 1:10.236 Peugeot
18 Julio Campos 1:10.329 Peugeot
19 Giuliano Losacco 1:10.560 Peugeot
20 Alan Hellmeister 1:10.601 Peugeot
21 Popó Bueno 1:10.684 Chevrolet
22 Lico Kaesemodel 1:10.767 Peugeot
23 Betinho Gresse 1:10.795 Chevrolet
24 Duda Pamplona 1:10.869 Chevrolet
25 Christian Fittipaldi 1:10.964 Chevrolet
26 Antonio Jorge Neto 1:11.278 Chevrolet
27 Alceu Feldman 1:11.303 Peugeot
28 Thiago Marques 1:11.404 Peugeot
29 David Muffato 1:11.408 Peugeot
30 Constantino Jr 1:11.414 Peugeot
31 Thiago Camilo 1:11.636 Chevrolet
32 Pedro Gomes 1:11.992 Chevrolet

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *