Stock: Átila Abreu vence a segunda consecutiva

Átila Abreu (AMG Motorsports/ Chevrolet) venceu neste domingo (15/05), no circuito do Velopark, em Nova Santa Rita, no Rio Grande do Sul, a 4ª etapa da temporada. Foi a 2ª vitória consecutiva de Abreu. Thiago Camilo, (Ipiranga RCM/ Chevrolet) e Ricardo Mauricio (Eurofarma RC/ Chevrolet) completaram o pódio.

Com a pista molhada Cacá, pole-position, manteve a ponta, com Abreu, que largava em 2º, perdendo posições. Logo na 5ª volta o então líder do campeonato, Max Wilson (Eurofarma RC/ Chevrolet), que havia largado em último após ter problemas no classificatório, se envolveu em um toque, perdendo o capô. Wilson abandonou nos boxes.

Com o carro de Allam Khodair (Blau Vogel/ Chevrolet) parado na pista, após uma batida, o Safety-Car foi acionado. Na relargada, na 9ª volta, Cacá liderava; seguido por Mauricio e Abreu.  Na 13ª volta, na reta dos boxes o capô de Alceu Feldmann (Comprafacil.com/A.Mattheis/Chevrolet) voou, caindo no muro dos boxes.

Com o começo dos pit stops obrigatórios os pilotos começaram a entrar nos pits, com alguns apenas reabastecendo e outros tambem trocando os pneus.

Cacá e Mauricio entraram juntos nos boxes, com a Eurofarma RC sendo mais rápida do que a Red Bull, e Mauricio ganhando a posição. Luciano Burti (Itaipava Racing Team/Peugeot) com o carro danificado devido a uma batida, ficou parado na pista.

Sem parar nos boxes Eduardo Leite (Hot Car Competições/ Chevrolet) assumiu a liderança.

Felipe Maluhy (Officer ProGP/Chevrolet) e Xandinho Negrão (Medley FullTime/ Peugeot) se tocaram, com o carro de Negrão ficando com a frente totalmente danificada. Com a parada de Leite (que acabou abandonando) e Cláudio Ricci (RZ Crystal Racing Team/ Chevrolet) nos boxes, Camilo e Abreu, que tinham antecipado as suas paradas, assumiram as duas primeiras posições. Mauricio era o 3º, seguido por Cacá.

Após um rápido Safety-Car, provocado pela rodada de Rodrigo Sperafico (JF Racing/ Peugeot) a prova recomeçou na 28ª volta.

Na 36ª volta Julio Campos (Scuderia 111/ Peugeot) e Daniel Serra (Red Bull Racing/ Peugeot) se tocaram na disputa pela 5ª posição. Serra foi direto no muro, com Campos perdendo o capô, e sendo desclassificado pouco depois.

Faltando cinco voltas para o final, a chuva retornou com força (desde cedo chovia). Cacá e Mauricio vinham colados. Na 42ª volta Cacá rodou, caindo para a 7ª posição.

Na 43ª volta Abreu passou Camilo, assumindo a liderança. Pouco depois o Safety-car foi acionado. Logo após o carro de segurança entrar na pista Abreu deu uma escorregada, com Camilo recuperando a ponta. Contudo o piloto da RCM foi obrigado a devolver a posição, com Abreu recebendo a bandeira quadriculada atrás do SC. Mauricio completou o pódio. 

“Estou muito feliz em conseguir no Rio Grande do Sul a minha segunda vitória, a primeira em autódromo, e ainda assumir a liderança do campeonato, a exemplo do ano passado. E de quebra me garantir nos playoffs pela quarta vez seguida”, comemorou o jovem que completou 24 anos na semana de sua conquista.

“A corrida foi sensacional, bem movimentada e o público pode ver um grande show no Velopark. Passei o Cacá (Bueno) nos boxes, o Ricardinho (Maurício) na pista e consegui economizar o push-to-pass para surpreender o Thiago na última curva antes da entrada do safety car. Foi muito legal”, comentou Abreu.

Maluhy foi o 4º, seguido por Marcos Gomes (Medley FullTime/ Peugeot) e Duda Pamplona (Officer ProGP/ Chevrolet).

Cacá terminou em 7º, seguido pelo irmão Popó Bueno (Comprafacil.com/A.Mattheis/ Chevrolet). Diego Nunes (Bassani Racing/ Peugeot) e Giuliano Losacco (Hot Car Competições/ Chevrolet) completaram os dez primeiros.

Abreu lidera o campeonato com 71 pontos, quatro a mais do que Camilo.

A próxima prova será em Campo Grande (MS), dia 6 de junho.

Final:

1º – Átila Abreu (SP) AMG Motorsports/C – 48m50s473
2º – Thiago Camilo (SP) Ipiranga RCM Motorsport/C – a 0s768
3º – Ricardo Mauricio (SP) Eurofarma RC/C – a 1s707
4º – Felipe Maluhy (SP) Officer ProGP/C – a 2s588
5º – Marcos Gomes (SP) Medley FullTime/P – a 3s306
6º – Duda Pamplona (RJ) Officer ProGP/C – a 7s051
7º – Cacá Bueno (RJ) Red Bull Racing/P – a 8s357
8º – Popó Bueno (RJ) Comprafacil.com/Mattheis/C – a 12s780
9º – Diego Nunes (SP) Bassani/P – a 14s426
10º – Giuliano Losacco (SP) Hot Car/C – a 16s344
11º – Ricardo Zonta (PR) Crystal Racing Team/C- a 17s489
12º – David Muffato (PR) Itaipava Racing Team/P – a 19s408
13º – Cláudio Ricci     Crystal Racing Team/C – a 21s093
14º – Alan Hellmeister (SP) Scuderia 111/P – a 22s618
15º – Denis Navarro (SP) Bassani/P – a 26s024
16º – Rodrigo Navarro (SP) JF Racing/P – a 28s177
17º – Tuka Rocha (SP) BMC Vogel/C – a uma volta
18º – Xandinho Negrão (SP) Medley FullTime/P – a uma volta
19º – Daniel Serra (SP) Red Bull Racing/P – a nove voltas/colisão
20º – Lico Kaesemodel (PR) Credipar RCM/C – a 13 voltas/mecânico
21º – Valdeno Brito(PB) Esso Mobil Super/C – a 15 voltas/mecânico
22º – Rodrigo Sperafico (PR) JF Racing/P – a 19 voltas/mecânico
23º – Eduardo Leite (SP) Hot Car/C – a 21 voltas/mecânico
24º – Alceu Feldmann (PR) Comprafacil.com/Mattheis/C – a 30 voltas/colisão
25º – Luciano Burti (SP) Itaipava Racing Team/P – a 31 voltas/colisão
26º – Allam Khodair (SP) Blau Vogel Motorsport/C – a 40 voltas/colisão
27º – Nonô Figueiredo (SP) Esso Mobil Super/C – a 41 voltas/mecânico
28º – Ricardo Sperafico (PR) A.M.G. Motorsports/C – a 42 voltas/colisão
29º – Max Wilson (SP) Eurofarma R/C – a 42 voltas/mecânico
Julio Campos (PR) Scuderia 111/P – desclassificado

Campeonato:

1º – Átila Abreu (SP) – 71 pontos
2º – Thiago Camilo (SP) – 67
3º – Cacá Bueno (RJ) – 55
4º – Max Wilson (SP) – 52
5º – Ricardo Maurício (SP) – 44
6º – Popó Bueno (RJ) – 30
7º – Duda Pamplona (RJ) – 28
8º – Ricardo Zonta (PR) – 27
9º – Marcos Gomes (SP) – 24
10º – David Muffato (PR) – 22
11º – Daniel Serra (SP) – 21
12º – Julio Campos (PR) – 18
13º – Luciano Burti (SP) – 16
Giuliano Losacco (SP) – 16
15º – Allam Khodair (SP) – 14
16º – Xandinho Negrão (SP) – 9
17º – Diego Nunes (SP) – 7
18º – Eduardo Leite (SP) – 6
19º – Valdeno Brito (PB) – 4
20º – Claudio Ricci (RS) – 3
21º – Alan Hellmeister (SP) – 2
22º – Lico Kaesemodel (PR) – 1
Denis Navarro (SP) – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *