Stock: Boesel está de volta a categoria

Único piloto em atividade a ter participado da primeira prova da Stock Car em 1979, Raul Boesel está de volta à categoria. Ele acertou patrocínio com o Aché Laboratórios e fará as quatro últimas provas da temporada da principal categoria do automobilismo brasileiro.


Com a contratação de Boesel, a equipe WB Motorsport/Aché/Biosintética será a única a ter dois ex-pilotos de Fórmula 1, pois o também experiente Chico Serra integra a escuderia. “É muito importante estar voltando à Stock, onde comecei minha carreira e com uma responsabilidade muito grande, a de representar bem um dos maiores laboratórios do Brasil”, disse Raul que passou pela F 1, F Indy, IRL, e foi campeão Mundial de Marcas em 1987.


Afastado do automobilismo nacional depois da temporada passada, quando disputou a Stock Car, Boesel terminou em segundo lugar na Mil Milhas Brasil 50 Anos, prova de longa duração realizada em janeiro em Interlagos, e participou das 24 Horas de Daytona nos Estados Unidos.“Estou um pouco enferrujado para pilotar, mas nada que um treino não resolva”, disse o piloto.



A primeira das quatro corridas do retorno de Boesel à Stock Car será no final de semana no Autódromo de Tarumã, em Viamão, Rio Grande do Sul. Por coincidência foi na mesma pista que ele conquistou sua primeira de suas três vitórias na categoria.“Todos sabemos que terei grandes dificuldades, pois a Stock é muito equilibrada, repleta de bons pilotos, o meu carro ficou pronto há poucos dias e ainda não foi para a pista. O namoro com o Aché começou em maio, mas fechamos somente na semana passada”.



Claudiner Sanches Junior, gerente de marketing do Aché, sabe das dificuldades para se conseguir bons resultados numa categoria tão equilibrada e com seis ex-pilotos de F 1 (além de Boesel e Serra também estão Ingo Hoffmann, Christian Fittipaldi, Luciano Burti e Tarso Marques).“Acertamos com o Raul pela seriedade dele, por ser um piloto vencedor. Vamos fazer uma série de eventos pararelos para complementar o trabalho”, disse.



Apesar da experiência de 30 anos nas pistas, Raul Boesel garante que ainda sente uma grande emoção com esse retorno ao automobilismo competitivo.“O friozinho que dá na barriga sempre que a gente vai andar é parte da motivação”, completa.



Além de Tarumã, Boesel fará as provas da Argentina, dia 29 em Buenos Aires; dia 19 de novembro em local ainda indefinido, e encerra a temporada em Interlagos em 10 de dezembro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *