Stock: Cacá Bueno e Diego Nunes vencem no Velopark

Cacá Bueno (Red Bull Racing) e Diego Nunes (União Química Racing) foram os vencedores neste domingo (10/04), no circuito do Velopark em Nova Santa Rita (RS), da segunda etapa da temporada.

Prova 1:

Pole-position, Bueno venceu a primeira prova (a mais longa), quase de ponta a ponta. Ele chegou a ser superado pelo parceiro de equipe Daniel Serra na décima volta. Recuperando a ponta na volta seguinte. Serra completou a dobradinha da Red Bull Racing. Marcos Gomes (Cimed Racing Team) fechou o pódio.

“A primeira bateria foi dentro de tudo o que planejamos. Fomos bem, mantive a ponta, consegui me livrar dos acidentes, abri uma boa vantagem e meio que administrei até o final”, disse. “Quando entrou o safety car o Daniel deu uma apertada, deu um pouco de trabalho, mas foi tudo dentro do planejado”, declarou Bueno, que conquistou a sua 34ª vitória na categoria.

Felipe Fraga (Cimed Racing Team) terminou em quarto, seguido Max Wilson (Eurofarma RC) e Rubens Barrichello (Full Time Sports).

Denis Navarro (Vogel Motorsport), Átila Abreu (Shell Racing), Valdeno Brito (TMG Motorsport) e Nunes completaram os dez primeiros.

Final, prova 1:

1-) 0 Cacá Bueno – Red Bull Racing – 44 voltas em 43min47s088 (média de 137,3 km/h)
2-) 29 Daniel Serra – Red Bull Racing – 1s327
3-) 80 Marcos Gomes – Cimed Racing Team – 2s851
4-) 88 Felipe Fraga – Cimed Racing Team – 3s880
5-) 65 Max Wilson – Eurofarma RC – 4s610
6-) 111 Rubens Barrichello – Full Time Sports – 6s389
7-) 5 Denis Navarro – Vogel Motorsport – 7s879
😎 51 Átila Abreu – Shell Racing – 8s162
9-) 77 Valdeno Brito – TMG Motorsport – 8s605
10-) 70 Diego Nunes – União Química Racing – 9s658
11-) 46 Vitor Genz – Eisenbahn Racing Team – 9s850
12-) 66 Felipe Guimarães – Full Time-ProGP – 10s869
13-) 14 Luciano Burti – RZ Motorsport – 12s558
14-) 10 Ricardo Zonta – Shell Racing – 12s730
15-) 8 Rafael Suzuki – Vogel Motorsport – 14s815
16-) 83 Gabriel Casagrande – C2 Team – 15s514
15-) Rafael Suzuki – Vogel Motorsport – a 14s815
17-) 3 Bia Figueiredo – União Química Racing – 35s167
18-) 73 Sergio Jimenez – Cavaleiro Racing – a 1 volta
19-) 12 Lucas Foresti – Full Time-ProGP – a 1 volta
20-) 74 Popó Bueno – Cavaleiro Racing – a 1 volta
21-) 63 Nestor Girolami – Eisenbahn Racing Team – a 4 voltas
22-) 90 Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – a 5 voltas
23-) 45 Fabio Carbone – Mico’s Racing – a 11 voltas
NÃO COMPLETOU
24-) 4 Julio Campos – C2 Team – a 12 voltas
25-) 18 Allam Khodair – Full Time Sports – a 17 voltas
26-) 110 Felipe Lapenna – Hot Car Competições – a 17 voltas
27-) 9 Guga Lima – TMG Motorsport – a 19 voltas
28-) 21 Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – a 20 voltas
29-) 26 Raphael Abbate – Hot Car Competições – a 26 voltas
30-) 11 Cesar Ramos – RZ Motorsport – a 43 voltas
31-) 28 Galid Osman – Ipiranga-RCM – sem tempo
MELHOR VOLTA: Cacá Bueno, 54s667 (150,0 km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

Prova 2:

Com o grid invertido entre os dez primeiros da primeira prova, Nunes alinhou na pole para a segunda prova (a curta). E venceu de ponta a ponta. Brito Abreu completaram o pódio.

Foi a segunda vitória de Nunes na categoria. A primeira aconteceu em 2010, em Curitiba.

“Estou muito feliz com esta conquista Desde 2010, eu sempre vinha batendo na trave aqui no Velopark. Essa conquista renova nossos ânimos para a temporada 2016. A União Química Racing foi totalmente reformulada para este ano e estamos evoluindo muito. Agora é manter este ritmo e seguir brigando pelas primeiras posições nas próximas etapas”, declarou Nunes.

“Dei tudo no começo para abrir vantagem, mas acho que o safety car me atrapalhou um pouco, porque o Valdeno recuperou toda a diferença que eu havia aberto, e no final realmente eu já estava com os pneus traseiros bem desgastados e fui me segurando na pista. Gastei todos os meus pushs na hora certa, e acho que se tivesse mais uma volta não daria para segurar. Mas graças a Deus deu tudo certo”, afirmou Diego.

Bueno e Gomes se envolveram em um toque no começo da prova. Felipe Guimarães (Full Time-ProGP) acertou a traseira de Gomes, que rodou, sendo acertado na sequencia por Bueno.

Fraga repetiu o quarto lugar, seguido por Barrichello, Serra, Navarro, Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), Allam Khodair (Full Time Sports) e Rafael Suzuki (Vogel Motorsport).

Bueno terminou na 11ª posição. Gomes ainda conseguiu somar um ponto com a 14ª posição (última na zona de ponta na prova curta).

“Pena mesmo foi a segunda bateria em que o Guimarães acabou dando um toque no Marquinhos, que rodou e me acertou, e eu não tinha para onde fugir”, justificou Bueno.

“O carro apagou, voltei em último, sorte é que tinha bastante push ainda, e consegui recuperar um monte de posições. Isso é fundamental para ser o maior pontuador do final de semana. Então saio com uma pole, uma volta mais rápida, uma vitória, o maior pontuador do final de semana, eu acho que tínhamos carro para mais pontos, mas foi um bom final de semana”, concluiu Cacá.

A prova teve uma intervenção do Safety-Car. A Na sétima volta volta, para retirar o carro de Sergio Jimenez (Cavaleiro Racing) que bateu na reta oposta. A prova recomeçou na décima volta.

Serra lidera o campeonato com 37 pontos, três a mais do que Bueno.

A próxima etapa acontece no dia 22 de maio, no Autódromo Internacional Ayrton Senna em Goiânia (GO).

Final, prova 2:

1-) 70 Diego Nunes – União Química Racing – 22 voltas em 22min46s504 (média de 132,0 km/h)
2-) 77 Valdeno Brito – TMG Motorsport – 0s318
3-) 51 Átila Abreu – Shell Racing – 1s065
4-) 88 Felipe Fraga – Cimed Racing Team – 1s396
5-) 111 Rubens Barrichello – Full Time Sports – 2s968
6-) 29 Daniel Serra – Red Bull Racing – 3s429
7-) 5 Denis Navarro – Vogel Motorsport – 5s815
😎 21 Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – 13s004
9-) 18 Allam Khodair – Full Time Sports – 13s569
10-) 8 Rafael Suzuki – Vogel Motorsport – 15s296
11-) 0 Cacá Bueno – Red Bull Racing – 17s360
12-) 110 Felipe Lapenna – Hot Car Competições – 17s427
13-) 45 Fabio Carbone – Mico’s Racing – 19s810
14-) 80 Marcos Gomes – Cimed Racing Team – 21s531
15-) 63 Nestor Girolami – Eisenbahn Racing Team – 23s027
16-) 4 Julio Campos – C2 Team – 23s854
17-) 74 Popó Bueno – Cavaleiro Racing – 24s314
18-) 83 Gabriel Casagrande – C2 Team – 25s516
19-) 12 Lucas Foresti – Full Time-ProGP – 25s791
20-) 14 Luciano Burti – RZ Motorsport – 26s580
21-) 26 Raphael Abbate – Hot Car Competições – 29s312
22-) 9 Guga Lima – TMG Motorsport – 30s886
23-) 46 Vitor Genz – Eisenbahn Racing Team – 31s701
24-) 3 Bia Figueiredo – União Química Racing – 33s242
NÃO COMPLETOU
25-) 66 Felipe Guimarães – Full Time-ProGP – a 8 voltas
26-) 65 Max Wilson – Eurofarma RC – a 12 voltas
27-) 73 Sergio Jimenez – Cavaleiro Racing – 17 voltas
28-) 10 Ricardo Zonta – Shell Racing – não completou
29-) 90 Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – não completou
30-) 11 Cesar Ramos – RZ Motorsport – não completou
31-) 28 Galid Osman – Ipiranga-RCM – não completou
MELHOR VOLTA: Thiago Camilo, 54s824 (149,5 km/h)
*Resultados sujeitos a verificações técnicas e desportivas

CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO
1-) Daniel Serra – 37 pontos
2-) Cacá Bueno – 34
3-) Felipe Fraga – 31
4-) Marcos Gomes – 29
5-) Diego Nunes – 29
6-) Átila Abreu – 29
7-) Valdeno Brito – 28
😎 Rubens Barrichello – 28
9-) Denis Navarro – 25
10-) Max Wilson – 19
11-) Rafael Suzuki – 14
12-) Vitor Genz – 13
13-) Ricardo Zonta – 12
14-) Felipe Guimarães – 12
15-) Allam Khohdair – 11
16-) Luciano Burti – 11
17-) Gabriel Casagrande – 8
18-) Thiago Camilo – 7
19-) Bia Figueiredo – 7
20-) Sérgio Jimenez – 5
21-) Ricardo Maurício – 4
22-) Felipe Lapenna – 3
23-) Lucas Foresti – 3
24-) Fábio Carbone – 2
25-) Popó Bueno – 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *