Stock: Cacá Bueno vence prova conturbada em Sta. Cruz do Sul

O carioca Cacá Bueno vence a etapa realizada na gelada Santa Cruz do Sul no estado do Rio Grande do Sul depois de uma prova cheia de rodadas, acidentes e muita sujeira na pista.

Logo na largada muita confusão, com o pole Rodrigo Sperafico ficando do lado sujo da pista e depois tentando corrigir seu tracionamento indo para o meio da pista, mas já era tarde e Thiago Camilo e Cacá Bueno ganharam a posição do paranaense.

A confusão viria logo em seguida com um bolo se formando na primeira curva, o que ocasionou muitos toques e rodadas. Marcos Gomes toca na traseira de Tarso Marques, que acaba tocando Camilo e roda, abandonando a prova.

Giuliano Losacco que vive uma temporada a ser esquecida escada violentamente e também abandona antes de completar uma volta. Tarso sai da pista em ponto muito próximo e também está fora. Para completar os abandonos antes de fechar a primeira volta, Hoover Orsi volta mais cedo aos boxes, com a entrada do Safely Car.

Depois de tanta confusão, Henrique Bernoldi assume a liderança da prova com Cacá Bueno na segunda colocação e Luciano Burti logo atrás.

Na sétima volta Daniel Serra e Paulo Salustiano se tocam indo para a área de escape e levando muita sujeira para a pista. Em uma manobra fantástica, Cordova desvia para a área de escape evitando o choque com os carros rodados, porém perdendo várias posições.

Na 14ª volta, Nonô Figueiredo perde uma roda e abandona a corrida, porém consegue cravar a melhor volta da prova. Duas voltas depois Muffato e Juliano Moro também rodam e somando a tudo isso vários pedaços de carros espalhados pela pista, o Safety Car é acionado mais uma vez.

Três voltas depois a corrida recomeça, com Luciano Burti e Alan Khodair disputando posição e se tocando; Rodrigo Sperafico que havia largado na pole position não consegue segurar seu VW Bora e acerta a traseira de Khodair, causando o abandono de ambos. Burti se mantém na pista, mesmo com a frente do seu carro bem avariada.

Na 20ª volta Cacá Bueno consegue superar Bernoldi na curva logo após a reta dos boxes e assume a liderança da prova. Uma volta depois Christian Conde roda e Chico Serra acerta o carro do paulista. Serra ainda consegue levar seu carro para os box mas termina apenas na 22ª colocação.

Marcos Gomes vai para cima do companheiro de equipe, Ricardo Maurício e ambos batem porta na luta pelo 5º lugar. Ricardo consegue se manter na frente, mas duas voltas depois é superado pelo filho mais novo de Paulo Gomes.

Ainda faltando 4 voltas para a bandeira quadriculada Luciano Burti supera o ex-piloto de Fórmula 1 Henrique Bernoldi e assume o segundo lugar para não perder mais, a melhor posição de chegada de Burti na atual temporada.

Cacá Bueno conquista sua primeira vitória na temporada, assumindo também a liderança do campeonato.

A próxima etapa da Stock Car V8 acontece em Curitiba no dia 8 de setembro.

Confira o resultado final da 6ª etapa:

1º) Cacá Bueno (ML, RJ), 30 voltas em 50:02.703 (média de 126,96 km/h)
2º) Luciano Burti (VB, SP), a 1.586
3º) Enrique Bernoldi (VB, PR), a 5.764
4º) Valdeno Brito (P3, PB), a 8.256
5º) Ricardo Mauricio (CA, SP), a 8.448
6º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 8.947
7º) Marcos Gomes (CA, SP), a 9.107
8º) Pedro Gomes (P3, SP), a 9.422
9º) Popó Bueno (CA, RJ), a 10.269
10º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 10.655
11º) Ricardo Zonta (P3, PR), a 11.377
12º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 12.363
13º) Ricardo Sperafico (P3, PR), a 15.932
14º) Guto Negrão (P3, SP), a 16.631
15º) Antonio Pizzonia (VB, AM), a 16.909
16º) Mateus Greipel (CA, SC), a 19.382
17º) Diogo Pachenki (CA, PR), a 20.869
18º) Jose Cordova (ML, PR), a 28.198
19º) Fábio Carreira (CA, SP), a 31.204
20º) Ruben Fontes (P3, GO), a 1 volta
21º) Allam Khodair (CA, SP), a 1 volta
22º) Chico Serra (P3, SP), a 1 volta
23º) Renato Jader (VB, SP), a 1 volta
24º) Thiago Marques (VB, PR), a 7 voltas
25º) David Muffato (P3, PR), a 9 voltas
26º) Christian Conde (ML, SP), a 9 voltas
27º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 10 voltas
28º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 10 voltas
29º) Rodrigo Sperafico (VB, PR), a 11 voltas
30º) Nono Figueiredo (ML, SP), a 16 voltas
31º) Juliano Moro (ML, RS), a 16 voltas
32º) Gualter Salles (CA, RJ), a 22 voltas
33º) Daniel Serra (VB, SP), a 23 voltas
34º) Paulo Salustiano (CA, SP), a 23 voltas

Melhor Volta: Nono Figueiredo, 1:27.398

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *