Stock: Camilo larga em sexto e reclama dos pneus

Um jogo de pneus novos que fez o rendimento do Astra de número 21 cair bruscamente tirou as chances de Thiago Camilo brigar pela pole position na primeira corrida do playoff da Stock Car.

O piloto da Texaco Vogel fez sua melhor volta na superclassificação em 1min20s126, e vai largar na sexta posição. A primeira fila será formada por Ricardo Sperafico (1min19s163) e Ricardo Maurício (1min19s790). Cacá Bueno, que lidera o campeonato, é o terceiro do grid (1min19s958).

“Não mudamos nada no acerto e as condições da pista não pioraram. Simplesmente botamos os pneus novos e o carro perdeu sete décimos em relação ao que acabara de andar com o jogo anterior, na sessão de classificação. Vou largar da sexta posição, o que não é bom porque meus adversários diretos na briga pelo título, o Cacá (Bueno) e o Ricardinho (Maurício) estão na minha frente. Mas também não é nenhuma desgraça, vou penar primeiramente em terminar a corrida, fazer pontos, e se tiver sorte disputar um pódio”.

O dia começou tumultuado para Camilo, que escapou na curva 1 no início do treino livre e danificou bastante a frente do carro, que só ficou pronto praticamente no meio da sessão de classificação. Foi o suficiente para o piloto paulista de 23 anos marcar o terceiro tempo e garantir a vaga na superclassificação. Quando tudo parecia resolvido, veio o problema dos pneus. Giuliano Losacco, companheiro de Camilo na Texaco Vogel, ficou três décimos de segundo atrás do melhor tempo na sessão de classificação, o que o deixou em 16º lugar no grid.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *