Stock: Campeão pode ser conhecido domingo em Tarumã

Xandinho Negrão torce pela equipe de Cacá Bueno, mas prefere definição na última etapa.

Apenas cinco pontos separam Cacá Bueno (Red Bull) da conquista de seu terceiro título na Stock Car neste domingo no circuito de Tarumã. Para voltar do Rio Grande do Sul com a fatura liquidada com uma rodada de antecipação, o bicampeão em 2006 e 2007 precisa ampliar de 24 para 29 a vantagem sobre Ricardo Maurício (RC) e Thiago Camilo (Vogel/Ipiranga), que dividem a segunda colocação. Caso alcance seu objetivo, Cacá transformará a 12ª etapa – marcada para 6 de dezembro em Interlagos – em mera formalidade de fechamento do calendário. “É viável, mas não necessariamente melhor para o campeonato”, ressalva Xandinho Negrão (Medley), que defende a mesma organização dirigida pelo diretor-técnico Andreas Mattheis.

E tudo parece conspirar em favor do líder do campeonato. Além da impressionante regularidade – é o único piloto que pontuou em todas as corridas -, Cacá tem o melhor retrospecto na pista gaúcha entre os mais fortes candidatos ao título. Somente com o atual formato de playoffs reunindo nas quatro provas finais os 10 melhores da fase seletiva, Cacá tem uma vitória (2008), um segundo (2007) e um quinto lugares (2006). Como se não bastasse, corre por uma equipe também já campeã por antecipação. “Torço para o Cacá porque a equipe é uma só. Mas seria mais legal manter o jogo aberto até São Paulo, para não esvaziar a última etapa”, lembra Xandinho.

Se os números favorecem Cacá, ainda servem de alento àqueles que se encontram em situação desesperadora e respirando por aparelhos. É o caso do estreante Max Wilson (RC), que desembarcou na categoria com longa experiência na Supercars V8, a Stock Car australiana. Fechando a raia dos playoffs com a 10ª posição e 213 pontos, Max será campeão unicamente em caso de uma combinação miraculosa de resultados. Que inclui, talvez como tarefa mais fácil, a vitória nas duas últimas etapas e a bonificação de pontos garantida aos três primeiros dos treinos classificatórios. Além disso, dependeria de uma sucessão improvável de tropeços dos rivais à frente na tabela.

Xandinho criticou o sistema de bonificação introduzido no regulamento deste ano, que distribui três pontos em ordem decrescente do primeiro ao terceiro do grid e que pode ser levado para dentro dos playoffs. “Os pontos são contados em dobro e criam uma distorção. Se querem premiar alguém, que premiem por vitória, como vigorou no campeonato de 2007. É mais justo.”

A corrida servirá como despedida da Stock Car da velha pista gaúcha, localizada na pequena Viamão, na Grande Porto Alegre. Segundo o calendário distribuído recentemente pelos promotores, Tarumã será substituído em 2010 pelo Velopark, autódromo localizado também nas proximidades da capital do Rio Grande do Sul. As atividades no veloz traçado de 3.016 metros serão abertas nesta sexta-feira, quando os pilotos – divididos em dois grupos – terão duas sessões de treinos livres de 30 minutos cada.

A classificação dos playoffs é esta:

1 – Cacá Bueno, 267 pontos; 2, Ricardo Maurício e Thiago Camilo, 243; 4, Allam Khodair, 240; 5, Valdeno Brito, 235; 6, Átila Abreu, 234; 7, Daniel Serra e Luciano Burti, 224; 9, Marcos Gomes, 216; 10, Max Wilson, 213.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *