Stock Car: Em corrida de recuperação RC3 Bassani alcança os pontos na prova do milhão

Time paulista lamentou a posição de partida na corrida, mas comemorou os pontos conquistados.

Valdeno Brito. O piloto paraibano venceu sua primeira prova na Stock Car e de quebra levou o premio de 1 milhão de dólares, oferecido na prova deste fim de semana que foi disputada no Rio de Janeiro. Para a equipe RC3 Bassani, Itaipava Racing, a prova foi bastante produtiva, já que mesmo largando mais atrás, os dois pilotos marcaram pontos. David Muffato partiu em 19º, chegou a liderar a corrida e completou em 7º. Pedro Gomes começou em 21º, pagou um drive throu por velocidade e mesmo assim terminou em 15º. Eduardo Bassani, engenheiro do time, ficou satisfeito com a corrida. “Posso até dizer que a classificação tirou meu milhão! Largamos muito atrás e mesmo assim lideramos a corrida com o David Muffato. Se estivesse partindo entre os dez a história seria diferente. No mínimo brigaríamos pelo pódio. Mas o importante foi pontuar com os dois carros e a exposição que tivemos na transmissão ao vivo na Globo”, comentou Bassani.

David Muffato – Largou em 19º, liderou e completou em 7º

O paranaense David Muffato realizou uma espetacular corrida neste domingo no Rio de Janeiro. O piloto da Itaipava Racing Team partiu em 18º e logo mostrou que iria brigar pelos pontos. Mesmo perdendo muito tempo para ultrapassar Hoover Orsi no inicio, Muffato ganhava posições com boas ultrapassagens. Com boas estratégias de parada, David chegou a liderar a corrida na parte final e finalizou em 7º. “Foi uma ótima corrida. Se tivéssemos largado um pouco mais a frente o pódio era uma certeza. Claro que iria brigar muito pelo premio de 1 milhão. O importante foi o pontos que voltei a marcar. Estava sofrendo com quebras e acidentes alheios. Meu carro estava muito competitivo e terminar entre os dez foi bom. Vamos para Londrina (próxima etapa) onde corro praticamente em casa”, disse Muffato.

Pedro Gomes – Largou em 21º, pagou uma penalização e foi 15º

Pedro Gomes a exemplo de David Muffato também gostou muito da sua corrida neste domingo no Rio de Janeiro. Largando em 21º, Pedrão decidiu fazer uma corrida conservadora no inicio. Depois da primeira parada, era hora de partir para cima. Mas ele foi punido com um drive throu por velocidade alta nos boxes e perdeu muito tempo. Em uma corrida de recuperação, na ultima volta assumiu a 15ª colocação e marcou um (1) ponto. “O drive atrapalhou a minha prova. Chegaria como o David entre os dez. O mais importante foi mostrar que estamos em um ótimo momento. Ficou um pouco difícil a classificação para o playoff, mas vou brigar pela vitória em Londrina e torcer por uma combinação de resultados”, comentou Pedrão.

Campeonato de Equipes

Com os 10 pontos somados neste domingo, a RC3 Bassani, que representa a Itaipava Racing Team na Stock Car, ocupa a 11ª colocação com 38 pontos. O time esta à frente de grandes equipes, como Red Bull, Panasonic Racing e Cimed Racing. As equipes que ocupam a 10ª e 9ª colocações (São Luis e Officer) somam apenas dois pontos a mais que a RC3 Bassani. Vale lembrar que das 17 equipes participantes na temporada 2008, apenas 14 continuam na temporada 2009.

Resultado da prova:
1º) Valdeno Brito (CA, PB), 47 voltas em 1:09:22.198 (média de 135.61 km/h)
2º) Luciano Burti (P3, SP), a 8.891
3º) Marcos Gomes (CA, SP), a 13.939
4º) Thiago Camilo (CA, SP), a 19.042
5º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 21.531
6º) Allam Khodair (CA, SP), a 24.493
7º) David Muffato (P3, PR), a 25.547
8º) Ingo Hoffmann (ML, SP), a 32.478
9º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 39.561
10º) Atila Abreu (P3, SP), a 41.249
11º) Rodrigo Sperafico (ML, PR), a 43.982
12º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 48.371
13º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 54.683
14º) Andre Bragantini (P3, SP), a 56.220
15º) Pedro Gomes (P3, SP), a 56.787
16º) Antonio Pizzonia (P3, AM), a 1:03.439
17º) Juliano Moro (CA, RS), a 1:07.518
18º) Nonô Figueiredo (ML, SP), a 1:09.176
19º) Popó Bueno (CA, RJ), a 1:09.347
20º) Ricardo Mauricio (P3, SP), a 1 volta
21º) Ricardo Sperafico (P3, PR), a 1 volta
22º) Norberto Gresse (P3, SP), a 1 volta
23º) Julio Campos (P3, PR), a 1 volta
24º) Tarso Marques (P3, PR), a 1 volta
25º) Giuliano Losacco (P3, SP), a 1 volta
26º) Carlos Alves (ML, SP), a 1 volta
27º) William Starostik (P3, SP), a 1 volta
28º) Thiago Marques (P3, PR), a 2 voltas
29º) Ruben Fontes (ML, GO), a 8 voltas
30º) Daniel Serra (CA, SP), a 10 voltas
31º) Lico Kaesemodel (ML, PR), a 12 voltas
32º) Guto Negrão (CA, SP), a 13 voltas
33º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 16 voltas
34º) Hoover Orsi (CA, MS), a 38 voltas

Melhor Volta: Nonô Figueiredo, 1:22.124

Campeonato de equipes:
1) Medley – 187 pontos;
2) Eurofarma – 119;
3) WA Matheis – 116;
4) Boettger – 90;
5) Vogel Motorsport – 85;
6) JF Racing – 80;
7) Sky Racing – 51;
8) Terra Racing – 47;
9) São Luis/Hot Car – 40;
10)  Officer Motorsport – 40;
11)  RC3 Bassani – 38;
12)  Red Bull Racing – 36;
13)  Panasonic Racing – 24;
14)  AMG Motorsport – 17;
15)  Cimed Racing – 11;
16)  Nova/RR – 09;
17)  Nascar Motorsport – 04 pontos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *