Stock Car: Júlio Campos e Antônio Pizzonia vencem em Tarumã

Júlio Campos e Antônio Pizzonia, parceiros na Prati-Mico’s Racing, foram os vencedores da rodada dupla disputada em Tarumã, no Rio Grande do Sul. Devido as fortes chuvas, as provas só foram realizadas no final da tarde deste domingo.

Prova 1:

Após quase cinco horas de espera, as condições da pista permitiram a realização das provas. A largada da prova foi dada com o Safety-Car na pista, com todos os carros alinhando com pneus de chuva.

Com a formação de uma trilha, vários pilotos decidiram entrar nos boxes, para colocar os pneus de pista seca. Campos alinhou em oitavo e foi ganhando posições nas primeira voltas, com ultrapassagens.

Campos arriscou, e decidiu não entrar nos boxes. A aposta deu certo, e Campos assumiu a liderança. No final, Campos venceu pela primeira vez na categoria, com 4s4 de vantagem sobre Allam Khodair (Full Time Competições).

“Tirei um piano de cima dos ombros. Eu já havia batido na trave algumas vezes, mas hoje a equipe fez um trabalho perfeito com o carro. Tenho certeza que essa foi a primeira de uma série”, declarou Campos.

Ricardo Mauricio (Eurofarma RC), que alinhou na pole, completou o pódio.

Valdeno Brito (Shell Racing) terminou em quarto, seguido por Thiago Camilo (Ipiranga-RCM) e Ricardo Zonta (RZ Motorsport). Max Wilson (Eurofarma RC), Luciano Burti (Vogel Motorsport), Rubens Barrichello (Full Time Competições) e Pizzonia completaram os dez primeiros. Pizzonia garantiu a pole para a segunda prova.

1ª corrida:

11 – Júlio Campos – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – 32 voltas em 42:04.277
2 – Allam Khodair – Full Time Competições – Chevrolet – a 4.456
3 – Ricardo Mauricio – Eurofarma RC – Chevrolet – a 5.451
4 – Valdeno Brito – Shell Racing – Chevrolet – a 6.060
5 – Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 9.444
6 – Ricardo Zonta – RZ Motorsport – Chevrolet – a 13.243
7 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 16.156
8 – Luciano Burti – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 21.481
9 – Rubens Barrichello – Full Time Competições – Chevrolet – a 22.856
10 – Antonio Pizzonia – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 23.146
11 – Gabriel Casagrande – C2 Team – Chevrolet – a 23.256
12 – Vitor Genz – Boettger Competições – Peugeot – a 23.834
13 – Sergio Jimenez – Voxx Racing Team – Peugeot – a 25.674
14 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 25.983
15 – Rafa Matos – Hot Car Competições – Chevrolet – a 29.247
16 – Rafael Suzuki – ProGP – Chevrolet – a 41.309
17 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 42.460
18 – Popó Bueno – Shell Racing – Chevrolet – a 43.547
19 – Átila Abreu – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 47.063
20 – Diego Nunes – C2 Team – Chevrolet – a 49.658
21 – Nonô Figieiredo – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 51.108
22 – Marcos Gomes – Schin Racing Team – Peugeot – a 52.065
23 – Galid Osman – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 55.129
24 – Fábio Fogaça – Schin Racing Team – Peugeot – a 1:10.471
25 – Felipe Lapenna – Hot Car Competições – Chevrolet – a 1:11.007
26 – Alceu Feldmann – Hanier Racing – Peugeot – a 1 volta
27 – Bia Figueiredo – ProGP – Chevrolet – a 1 volta
28 – Felipe Gama – RC3 Bassani – Peugeot – a 1 volta
29 – Lucas Foresti – RC3 Bassani – Peugeot – a 1 volta
30 – Felipe Tozzo – Boettger Competições – Peugeot – a 1 volta
31 – Beto Cavaleiro – Hanier Racing – Peugeot – a 1 volta
32 – Felipe Fraga – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 7 voltas
33 – Tuka Rocha – RZ Motorsport – Chevrolet – a 15 voltas
34 – Denis Navarro – Voxx Racing Team – Peugeot – a 20 voltas

Prova 2:

Pizzonia alinhou na pole e venceu de ponta a ponta a prova curta (20 minutos mais uma volta). Barrichello e Zonta completaram o pódio.

“Foi tudo muito difícil. O asfalto estava seco no começo, mas depois a chuva voltou e qualquer erro poderia ser fatal. Fico contente porque foi um prêmio a todo o investimento que o patrocinador tem feito na equipe e ao trabalho de todos aqui”, comemorou Pizzonia.

Cacá Bueno (Red Bull Racing) terminou em quarto, seguido por Marcos Gomes (Schin Racing Team) e Thiago Camilo ( Ipiranga-RCM). Átila Abreu (Mobil Super Racing), Rafa Matos (Hot Car Competições), Valdeno Brito (Shell Racing) e Nonô Figueiredo ( Mobil Super Racing) fecharam os dez primeiros.

A prova começou com o Safety-Car na pista. E depois teve a intervenção do Safety-Car por duas vezes, devido a acidentes.

Barrichello é o novo líder do campeonato com 170 pontos, seguido por Camilo com 161,5 e Abreu com 155,5.

A próxima etapa está marcada para dia 14 de novembro, no circuito de rua de Salvador.

2ª corrida:

1 – Antonio Pizzonia – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – 14 voltas em 21:41.702
2 – Rubens Barrichello – Full Time Competições – Chevrolet – a 1.917
3 – Ricardo Zonta – RZ Motorsport – Chevrolet – a 2.546
4 – Cacá Bueno – Red Bull Racing – Chevrolet – a 2.904
5 – Marcos Gomes – Schin Racing Team – Peugeot – a 3.769
6 – Thiago Camilo – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 4.309
7 – Átila Abreu – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 4.361
8 – Rafa Matos – Hot Car Competições – Chevrolet – a 7.002
9 – Valdeno Brito – Shell Racing – Chevrolet – a 20.800
10 – Nonô Figueiredo – Mobil Super Racing – Chevrolet – a 23.935
11 – Max Wilson – Eurofarma RC – Chevrolet – a 24.455
12 – Júlio Campos – Prati-Mico’s Racing – Peugeot – a 25.475
13 – Galid Osman – Ipiranga-RCM – Chevrolet – a 26.024
14 – Bia Figueiredo – ProGP – Chevrolet – a 30.842
15 – Beto Cavaleiro – Hanier Racing – Peugeot – a 34.582
16 – Vitor Genz – Boettger Competições – Peugeot – a 46.768
17 – Popó Bueno – Shell Racing – Chevrolet – a 1:12.620
18 – Rafael Suzuki – ProGP – Chevrolet – a 1 volta
19 – Allam Khodair – Full Time Competições – Chevrolet – a 1 volta
20 – Ricardo Maurício – Eurofarma RC – Chevrolet – a 2 voltas
21 – Denis Navarro – Voxx Racing Team – Peugeot – a 3 voltas
22 – Felipe Lapenna – Hot Car Competições – Chevrolet – a 4 voltas
23 – Alceu Feldmann – Hanier Racing – Peugeot – a 4 voltas
24 – Sergio Jimemez – Voxx Racing Team – Peugeot – a 4 voltas
25 – Lucas Foresti – RC3 Bassani – Peugeot – a 4 voltas
26 – elipe Gama – RC3 Bassani – Peugeot – a 4 voltas
27 – Daniel Serra – Red Bull Racing – Chevrolet – a 5 voltas
28 – Felipe Tozzo – Boettger Competições – Peugeot – a 8 voltas
29 – Fábio Fogaça – Schin Racing Team – Peugeot – a 8 voltas
30 – Tuka Rocha – RZ Motorsport – Chevrolet – a 8 voltas
31 – Luciano Burti – Vogel Motorsport – Chevrolet – a 9 voltas
32 – Diego Nunes – C2 Team – Chevrolet – a 13 voltas

Campeonato:

1 – Rubens Barrichello – 170
2 – Thiago Camilo – 161,5
3 – Átila Abreu – 155,5
4 – Cacá Bueno – 152
5 – Julio Campos – 151,5
6 – Antonio Pizzonia – 143,5
7 – Max Wilson – 137
8 – Sergio Jimenez – 131
9 – Ricardo Mauricio – 130,5
10 – Allam Khodair – 129
11 – Marcos Gomes 126
12 – Valdeno Brito – 125
13 – Daniel Serra – 119
14 – Ricardo Zonta – 94
15 – Galid Osman – 84,5
16 – Felipe Fraga – 84
17 – Rafa Matos 80
18 – Felipe Lapenna – 69
19 – Denis Navarro – 60
20 – Diego Nunes – 57
21 – Luciano Burti – 57
22 – Gabriel Casagrande 54
23 – Popó Bueno – 52
24 – Vitor Genz – 48
25 – Lucas Foresti – 42,5
26 – Tuka Rocha – 38
27 – Alceu Feldmann – 30
28 – Nonô Figueiredo – 27,5
29 – Rafael Suzuki – 17,5
30 – Bia Figueiredo – 15
31 – Felipe Tozzo – 7
32 – Fábio Fogaça – 6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *