Stock Car: Maluhy e Sperafico: um olho no 1 Milhão de Dólares e outro no PlayOff

Dupla da equipe Terra Racing espera reabilitação em Jacarepaguá.

O que fazer com 1 milhão de dólares? Felipe Maluhy diz que compraria uma equipe na Stock Car. O companheiro Rodrigo Sperafico afirma que aproveitaria o dinheiro e tiraria umas férias. Mas, apesar de todo o interesse que o prêmio desperta, o foco da dupla da equipe Terra Racing para a 7ª etapa da Copa Nextel Stock Car, neste domingo (31), em Jacarepaguá (RJ), também continua sendo a classificação para o PlayOff, onde apenas os 10 primeiros seguirão na luta pelo título.

Sperafico está em 13º lugar no campeonato e Maluhy aparece em 20º. A dupla tem apenas duas provas para atingir o objetivo de ficar entre os 10.

“Estamos correndo atrás do prejuízo. Temos ainda duas boas chances de reverter este quadro. Definitivamente, não será fácil, mas sabemos que temos tudo o que precisamos para estar à frente. É uma questão de colocar tudo em prática”, comentou Maluhy.

“Ganhar a corrida significa entrar novamente para o PlayOff. Mas meu foco continua sendo o mesmo: estar entre os 10 e na luta pelo título até a última prova”, continuou o paulista.

“Uma prova deste porte sempre gera uma expectativa maior. Esta etapa é muito importante por dois motivos: fazer o maior número de pontos para poder estar no PlayOff, e melhor ainda seria vencer esta prova inédita no automobilismo, que vai dar muita visibilidade em nível mundial”, declarou Sperafico, atual vice-campeão.

A etapa também terá um formato diferente, com 1h15 de duração e dois pit stops. “É uma corrida muito especial em todos os sentidos. Tanto pelo lado comercial, como por ser uma etapa que para nós será praticamente definitiva para a classificação ao PlayOff. Estamos diariamente desenvolvendo a nossa estratégia para a prova e treinando a equipe para a possível troca de pneus, sem esquecer o desenvolvimento do carro”, contou Maluhy.

“Será uma prova mais longa do que o normal, com dois reabastecimentos e talvez troca de pneus. A equipe fará a grande diferença e, por isso, estamos nos preparando para os pit stops”, destacou Sperafico.

A escolha da pista carioca para uma prova tão especial agradou os pilotos da Terra Racing. “A pista é tão boa que, mesmo com a ‘mutilação’ que sofreu depois do Pan, continua muito boa. Ainda temos um traçado muito seletivo e que dá condições para grandes disputas”, destacou Maluhy.

“Eu acho a pista atual mais interessante. Ele é mais ‘agressiva’ e ficou mais fácil para ultrapassar. Gosto muito de Jacarepaguá”, completou o vice-campeão de 2007.

Confira a programação para a Corrida do 1 Milhão de Dólares no Rio:

Sexta-feira, dia 29
10h35 às 12h05 – 1º Treino Livre (máximo 28 voltas)
15h05 às 16h35 – 2º Treino Livre

Sábado, dia 30
11h10 às 12h55 – Treino Classificatório

Domingo, dia 31
10h31 – Largada 7ª etapa (47 voltas ou 75 minutos)

Os 20 primeiros no campeonato, após seis etapas:
1) Ricardo Maurício, 113 pontos;
2) Marcos Gomes, 110;
3) Thiago Camilo, 71;
4) Cacá Bueno, 69;
5) Átila Abreu, 44;
6) Antonio Jorge Neto, 43;
7) Valdeno Brito, 36;
8) Alceu Feldmann e Allam Khodair, 34;
10) Popó Bueno, 31;
11) Giuliano Losacco, 30;
12) Luciano Burti, 25;
13) Rodrigo Sperafico, 23;
14) Julio Campos, 22;
15) Pedro Gomes, Nonô Figueiredo e Hoover Orsi, 19;
18) Duda Pamplona, 18;
19) Daniel Serra, 17;
20) Felipe Maluhy, 15;

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *