Stock Car: Piquet conquista sua primeira vitória na Stock Car

Atuação magistral faz piloto da Full Time triunfar pela primeira vez e provoca um empate triplo na tabela de pontuação do campeonato.

Demorou, mas chegou. Depois de três anos batendo na trave, Nelsinho Piquet finalmente conseguiu adicionar uma vitória na Stock Car em seu extenso currículo, que conta com triunfos em categorias como Fórmula E, GP2 (antiga F2), Nascar e Rallycross. Neste sábado, o filho do tricampeão mundial homônimo conquistou com autoridade o lugar mais alto do pódio em uma corrida marcada pela inconstância do tempo em Interlagos.

Depois de largar em segundo, o piloto da equipe Full Time viveu seu momento decisivo na volta em que entrou nos boxes para a parada obrigatória, quando ultrapassou o pole Cesar Ramos e foi mais rápido na troca dos quatro pneus de chuva para pista seca, disparando na frente e recebendo a bandeirada com quase seis segundos de vantagem para Ramos.

“Era a vitória que falta. Essa estava engasgada há três anos e finalmente a conquistamos de uma maneira bem legal. Já estava mais que na hora”, celebrou Piquet, que fez sua primeira temporada completa na categoria em 2018. A única coisa que Nelsinho “perdeu” foi a grande disputa atrás dele envolvendo mais de seis carros – e que o ajudou ganhar mais vantagem rumo à bandeira quadriculada.

Ramos, por sua vez, poderia ter todos os motivos para lamentar a perda da vitória. No entanto, após um dia mágico, onde ele conquistou a pole e um P2, o gaúcho era só gratidão. “Estou muito feliz com esse sábado. Claro que quando você larga na pole quer e espera ganhar, mas dentro das circunstâncias que se apresentaram o segundo lugar foi o melhor possível. Foi importante também essa experiência com os pneus de pista seca porque amanhã provavelmente será essa a condição da Corrida do Milhão, e sabemos que temos chance de brigar de novo pela vitória”, concluiu.

Já Ricardo Zonta, com o terceiro lugar, assumiu a liderança por conta do desempate, uma vez que tanto ele, Ramos e Rubens Barrichello estão com 52 pontos, contra 50 de Piquet, o quarto. “Mesmo com todas as circunstâncias e confusões que deram na corrida, com pilotos com pneus de chuva no meio dos pilotos com pneu de seco, teve situações em que quase me tiraram da pista. É Stock Car. Stock Car é competitiva, e você tem de estar na hora certa e no lugar certo, e neste ano, estamos”, resumiu.

Agora os pilotos passam uma régua na segunda etapa e mudam completamente o foco para a Corrida do Milhão Solidário, que acontece neste domingo. Assim como hoje, os pilotos disputarão uma tomada de tempos às 8h15 (será possível acompanhar pelo SporTV 2) e largam para 40 minutos de prova mais uma volta a partir das 10h10 com transmissão da Rede Globo.

Resultado extra-oficial da segunda etapa:

1. Nelson Piquet Jr (Full Time Bassani – Corolla) – 21 voltas em 41min44s797
2. Cesar Ramos (Ipiranga Racing – Corolla) – a 5.833
3. Ricardo Zonta (RCM Motorsport – Corolla) – a 6.641
4. Rafael Suzuki (Full Time Bassani – Corolla) – a 7.611
5. Ricardo Mauricio (Eurofarma-RC – Cruze) – a 8.194
6. Gabriel Casagrande (R. Mattheis Motorsport – Cruze) – a 9.752
7. Rubens Barrichello (Full Time Sports – Corolla) – a 9.860
8. Gaetano di Mauro (Vogel Motorsports – Cruze) – a 10.796
9. Allam Khodair (Blau Motorsport – Cruze) – a 11.723
10. Bruno Baptista (RCM Motorsport – Corolla) – a 11.825
11. Lucas Foresti (Vogel Motorsports – Cruze) – a 17.282
12. Átila Abreu (Shell V-Power – Cruze) – a 17.602
13. Daniel Serra (Eurofarma-RC – Cruze) – a 17.672
14. Diego Nunes (Blau Motorsport – Cruze) – a 18.551
15. Galid Osman (Shell V-Power – Cruze) – a 19.564
16. Cacá Bueno (Crown Racing – Cruze) – a 23.101
17. Vitor Baptista (KTF Sports – Cruze) – a 24.531
18. Julio Campos (Crown Racing – Cruze) – a 26.538
19. Denis Navarro (Cavaleiro Sports – Cruze) – a 28.099
20. Tuca Antoniazi (Hot Car Competições – Cruze) – a 43.915
21. Thiago Camilo (Ipiranga Racing – Corolla) – a 46.926
22. Marcos Gomes (Cavaleiro Sports – Cruze) – a 53.299
23. Guilherme Salas (KTF Sports – Cruze) – a 1:02.773
24. Matias Rossi (Full Time Sports – Corolla) – 4 voltas
25. Pedro Cardoso (R. Mattheis Motorsport – Cruze) – a 10 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *