Stock Car: Pizzonia e Campos voltam ao palco da última vitória

A busca pelos primeiros pontos talvez não encontre cenário mais favorável ao paranaense Julio Campos e ao amazonense Antonio Pizzonia do que o Autódromo Internacional de Curitiba/Pinhais, palco da segunda etapa – e a primeira rodada dupla – da temporada 2018 da Stock Car. Foi no circuito da região metropolitana da capital do estado que os pilotos da Prati-Donaduzzi venceram pela última vez – Campos em 2015 e Pizzonia no ano seguinte como parceiro de Marcos Gomes na Corrida de Duplas.

Campos, nascido e residente em Curitiba, tornou-se o primeiro e até agora único paranaense a ganhar dentro de casa. Tem também um segundo lugar na etapa seguinte como outro ponto alto da carreira, resultados que o elevaram à liderança da classificação naquele momento do campeonato. O manauara Pizzonia subiu ao alto do pódio em parceria com o então campeão Gomes na prova que abriu a temporada de 2016, ano sabático da Prati-Donaduzzi na Stock Car.

A abertura da programação deste domingo marcará a 60ª corrida da Stock Car no autódromo do pequeno município de Pinhais, distante apenas cerca de 10 quilômetros do centro de Curitiba. Será também o início do 30º ano de presença da principal categoria do automobilismo nacional no circuito desde a vitória Chico Serra na edição inaugural do dia 8 de outubro de 1989.

Campos e Pizzonia passaram em branco na movimentada Corrida de Duplas que abriu o calendário em março em São Paulo – Campos, ao lado do inglês Jamie Green, foi abatido por um problema no volante durante a troca de pilotos e Pizzonia, junto com o também britânico Oliver Jarvis, fechou em 14º por causa de um problema durante o pit stop e o longo tempo perdido atrás do safety car antes que a ultrapassagem fosse autorizada.

As atividades de pista começam na sexta-feira às 9 horas com o shakedown de 20 minutos. Prosseguem ainda na parte da manhã, a partir das 11h05, com o primeiro treino livre de 35 minutos para cada um dos dois grupos. A segunda sessão está marcada para as 14h10, com a mesma duração. Sábado, o terceiro treino livre com início às 8h00 representará o apronto final de 35 minutos por piloto para as tomadas classificatórias, das 11 às 12 horas. Domingo, com início antecipado em duas horas em relação aos horários vigentes em 2017, a primeira bateria de 40 minutos mais uma volta tem largada prevista para as 11 horas. A segunda, com idêntica distância, terá início às 12h05.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *