Stock Car: Thiago Camilo e Bruno Baptista vencem no Velo Città

Thiago Camilo (Ipiranga Racing) e Bruno Baptista (RCM Motorsport) foram os vencedores da décima etapa da temporada, disputada no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu.

Prova 1:

Camilo alinhou na pole, e venceu a primeira prova. Gabriel Casagrande (Crown Racing) e Daniel Serra (Eurofarma RC) completaram o pódio.

Com a pista molhada, mas que foi secando ao longo da prova, a escolha dos pneus para a largada se tornou uma loteria. A maioria alinhou com os pneus de chuva, com alguns apostando nos slicks (o que se mostrou um erro).

Com a prova começando com o Safety-Car a frente dos carros, Felipe Fraga (Cimed Racing) assumiu a ponta da prova. Contudo o campeão de 2016 optou apenas por reabastecer, permanecendo com os pneus de chuva. Passando a rodar quatro segundos mais lento do que Camilo.

Depois de estender a parada nos boxes, Camilo superou Fraga com tranquilidade. E mesmo com a maioria já com pneus slick, Camilo manteve o controle até o final, vencendo com oito segundos de vantagem sobre Casagrande. Serra foi o terceiro.

“A condição climática adversa já era esperada. Seria uma decisão complicada no momento do pit entre colocar pneu de seco ou não. Tivemos tranquilidade, estendemos a parada e conquistamos nossa quinta vitória na corrida 1. O campeonato está difícil mas não impossível. Perdi campeonatos mais favoráveis e corrida é assim mesmo. Mesmo fazendo bons pontos durante o fim de semana, não depende só de mim”, resumiu Camilo.

Cacá Bueno (Cimed Racing) terminou em quarto, seguido por Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) e Ricardo Zonta (Shell V-Power).

Fraga, Baptista, Diego Nunes (KTF Sports) e Átila Abreu (Shell V-Power), fecharam os dez primeiros. Abre garantiu a primeira posição para a largada da segunda prova, com os de primeiros invertidos.

Final, prova 1:
1 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), 25 voltas em 45:25:00
2 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 8.000
3 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 15.566
4 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 16.196
5 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 18.902
6 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 20.328
7 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 21.851
8 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), a 27.585
9 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 28.070
10 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 29.618
11 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 32.058
12 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 32.215
13 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 35.183
14 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 37.298
15 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 38.678
16 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 40.270
17 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 40.494
18 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 54.246
19 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 55.822
20 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 1:15.210
21 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 1 volta
22 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 1 volta
23 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 1 volta
24 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 2 voltas
25 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 3 voltas

Não completaram
26 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 9 voltas
27 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 23 voltas

Melhor volta: Gabriel Casagrande, 1min29s920

Prova 2:

Com pista seca, Baptista venceu a segunda prova, a sua primeira vitória na categoria. Nunes foi o segundo, e Serra novamente fechou o pódio.

Baptista assumiu a ponta nos minutos finais da prova, ao superar o então líder Abreu, com problemas de direção hidráulica. Baptista segurou a pressão de Nunes, vencendo com 1s445 de vantagem.

“Estou muito feliz. Batemos duas vezes na trave mas nessa a bola entrou. A gente sabia que viria. Estava trabalhando muito e a equipe muito dedicado. Quem trabalha muito colhe os resultados. Desde o primeiro treino a gente teve esse tipo de situação de pista e foi igual para todo mundo. Fomos bem na classificação, apesar de achar que dava para ter ido ao Q3 e o importante é a constante evolução. Segurei o Barrichello e o Cacá na corrida 1 e consegui guardar carro no final da corrida 2 para atacar os líderes e deu tudo certo. Foi perfeito”, analisou Bruno.

Depôs de se envolver em um toque com Camilo nas voltas iniciais, Serra foi o terceiro.

“Acho que foi normal. Dei o mínimo-máximo possível de espaço. A gente até foi um pouco reto, senti um toque na roda e, quando olhei para trás, ele não estava. Sempre jogamos limpo e desta vez foi igual”, descreveu Serra, que agora ocupa a liderança isolada na tabela com 305 pontos, contra 287 de Mauricio e 281 de Camilo. “Foi bom somar dois pódios e manter a liderança, mas precisamos trabalhar bastante”

Zonta foi o quarto, seguido por Rubens Barrichello (Full Time Sports) e Campos. Cesar Ramos (Blau Motor Sports), Ricardo Maurício (Eurofarma RC), Cacá Bueno (Cimed Racing) e Abreu, que depois do toque com Serra voltou à pista de perigosa, e fez uma proa de recuperação, fecharam os dez primeiros.

A próxima etapa, última antes da Grande Final, está marcada para o dia 24 de novembro em Goiânia.

Final, prova 2:
1 . Bruno Baptista ( RCM Motorsport ), 28 voltas em 47:29:00
2 . Diego Nunes ( KTF Sports ), a 1.445
3 . Daniel Serra ( Eurofarma RC ), a 1.611
4 . Ricardo Zonta ( Shell V-Power ), a 10.387
5 . Rubens Barrichello ( Full Time Sports ), a 11.223
6 . Julio Campos ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 11.621
7 . Cesar Ramos ( Blau Motor Sports ), a 12.233
8 . Ricardo Maurício ( Eurofarma RC ), a 12.635
9 . Cacá Bueno ( Cimed Racing ), a 15.678
10 . Átila Abreu ( Shell V-Power ), a 17.630
11 . Gaetano di Mauro ( Shell Helix Ultra ), a 18.344
12 . Marcos Gomes ( KTF Sports ), a 18.359
13 . Marcel Coletta ( Crown Racing ), a 18.694
14 . Max Wilson ( RCM Motorsport ), a 18.867
15 . Gabriel Casagrande ( Crown Racing ), a 20.717
16 . Felipe Fraga ( Cimed Racing ), a 25.495
17 . Nelson Piquet Jr ( Full Time Sports ), a 28.042
18 . Bia Figueiredo ( Ipiranga Racing ), a 30.665
19 . Thiago Camilo ( Ipiranga Racing ), a 31.078
20 . Rafael Suzuki ( Hot Car Competições ), a 32.797
21 . Lucas Foresti ( Vogel Motorsports ), a 33.160
22 . Guga Lima ( Vogel Motorsports ), a 35.853
23 . Galid Osman ( Shell Helix Ultra ), a 53.009

Não completaram
24 . Denis Navarro ( Cavaleiro Sports ), a 19 voltas
25 . Allam Khodair ( Blau Motor Sports ), a 24 voltas
26 . Valdeno Brito ( Prati-Donaduzzi Racing ), a 27 voltas
27 . Felipe Lapenna ( Cavaleiro Sports ), a 27 voltas

Melhor volta: Lucas Foresti, 1min29s726

Classificação dos campeonatos

Pilotos
1. Daniel Serra, 305
2. Ricardo Mauricio, 287
3. Thiago Camilo, 281
4. Rubens Barrichello, 265
5. Julio Campos, 265
6. Felipe Fraga, 256
7. Gabriel Casagrande, 244
8. Cacá Bueno, 223
9. Bruno Baptista, 213
10. Max Wilson, 163
11. Ricardo Zonta, 140
12. Atila Abreu, 138
13. Marcos Gomes, 134
14. Nelsinho Piquet, 134
15. Diego Nunes, 129
16. Galid Osman, 99
17. Gaetano Di Mauro, 97
18. Allam Khodair, 92
19. Rafael Suzuki, 91
20. Lucas Foresti, 88
21. Denis Navarro, 86
22. Valdeno Brito, 81
23. Marcel Coletta, 81
24. Cesar Ramos, 77
25. Bia Figueiredo, 61
26. Guga Lima, 48
27. Felipe Lapenna, 38
28. Pedro Cardoso, 34
29. Agustin Canapino, 10
30. Vitor Baptista, 7
31. Raphael Reis, 3

Equipes
1. Eurofarma RC, 592
2. Cimed Chevrolet Racing, 457
3. Full Time Sports, 394
4. Ipiranga Racing, 342
5. Prati-Donaduzzi Racing, 339
6. Crown Racing, 304
7. RCM Motorsport, 303
8. Shell V-Power, 279
9. KTF Sports, 261
10. Shell Helix Ultra, 196
11. Blau Motorsport, 169
12. Vogel Motorsports, 136
13. Hot Car Competições, 125
14. Cavaleiro Sports, 124
15. Carlos Alves Competições, 3

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *