Stock: Categoria estréia no Nordeste em circuito de rua

A temporada 2009 marca mais uma novidade para a Stock Car. Após a chegada do novo carro, a principal categoria do automobilismo nacional realiza dois antigos sonhos ao competir pela primeira vez no Nordeste e em um circuito de rua. A concretização desses objetivos foi possível com a confirmação da etapa de Salvador, marcada para o dia 9 de agosto. A ratificação da data acontecerá na manhã desta terça-feira, na capital baiana, com a cerimônia de assinatura do contrato de realização da prova entre o governador da Bahia, Jaques Wagner, e o diretor-presidente da Vicar, Carlos Alberto Col.

“Estamos felizes em poder concretizar um antigo sonho da categoria, sem dúvida um marco nestes 30 anos de existência da Stock Car. Gostaríamos de agradecer o apoio do governo da Bahia e da prefeitura de Salvador, nossos parceiros nesta iniciativa inédita na história do automobilismo brasileiro. Ressaltamos também o apoio dos pilotos Diego Nunes e Patrick Gonçalves, que ajudaram muito no desenvolvimento do percurso”, explica Carlos Alberto Col.

A confirmação da prova em Salvador não poderia acontecer em momento mais oportuno. A Stock Car iniciou uma nova era neste ano, tendo como divisor de águas a estreia do novo carro para a Copa Nextel Stock Car, um projeto mais seguro e moderno, que tornou ainda mais competitiva a briga pelo título. Agora, de uma única vez, acontecerão a primeira prova em circuito de rua e a chegada ao Nordeste. Vale lembrar que o primeiro passo neste sentido foi dado com as disputas da Pick Up Racing, já com uma das divisões da categoria, em Caruaru (PE) e Fortaleza (CE), ambas no ano passado.

A partir da assinatura do contrato, começa o trabalho para a realização da prova, a sexta da temporada. O circuito será montado no Centro Administrativo da Bahia, com extensão aproximada de 2.800 metros, que estarão protegidos por defensas de concreto e alambrados de proteção atendendo à regulamentação de segurança da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), e que o governador Jaques Wagner já se comprometeu a recapear. Arquibancadas para 60 mil pessoas, estruturas de box, camarotes, paddock e todas as necessidades da organização, como torre de direção de prova e cronometragem, postos de sinalização, sala de imprensa e sala de briefing.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *