Stock: Categoria impõe “toque de recolher” às equipes em 2012

Trabalho dos mecânicos nos boxes terá de ser encerrado às 19 horas

Além das novidades técnicas e desportivas, uma alteração na área trabalhista marcará a temporada 2012 da Stock Car. A partir da abertura da temporada, neste final de semana em Interlagos, as atividades dos mecânicos nos boxes deverão ser encerradas no máximo às 19 horas. O “toque de recolher” vai vigorar até o início da manhã seguinte, embora a organização não tenha definido um horário fixo para a reabertura das operações internas das equipes.

O chefe dos mecânicos da Equipe Medley/Full Time disse que a limitação representará uma redução média de três horas diárias de trabalho. “O mais comum era que a gente ficasse cuidando dos carros até às 22 horas”, lembra Carlos Alberto Mayer. “Na verdade, esse regime segue a linha do automobilismo europeu e já chegou a ser utilizado aqui pela Fórmula 3.”

Casos de força maior, no entanto, deverão abrir exceções no cronograma. “Na eventualidade de uma batida que provoque danos severos no carro e demande grande quantidade de tempo para os reparos, é claro que a organização será flexível. No ano passado, por exemplo, o Marcos Gomes deu uma bela pancada em Salvador e o carro só ficou pronto às duas horas da madrugada”, acrescentou Mayer.

Na sexta-feira, quando os carros entrarão no circuito paulistano para os primeiros treinos livres da primeira etapa, a segunda sessão de ensaios será encerrada às 16 h, o que significa que as equipes poderão mexer nas regulagens por mais três horas. No sábado, o período de embargo será ainda maior para os 10 primeiros classificados no grid, já que serão submetidos ao sistema de parque fechado e obrigatoriamente correr com o mesmo acerto das tomadas classificatórias. Outra novidade do regulamento, a ideia tem o objetivo de tornar as provas mais equilibradas ao permitir que apenas os integrantes a partir da sexta fila do grid possam repensar o acerto e melhorar os carros para a corrida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *