Stock: Categoria terá novidades em 2006, confira

Playoff, Super Classificação e mais informações para equipes são as alterações deste ano na principal categoria do automobilismo nacional.

Na condição de principal categoria do automobilismo nacional, a Stock Car V8 promete uma temporada bastante emocionante em 2006, com início no dia 9 de abril, em São Paulo. Para isso, os organizadores definiram algumas alterações no regulamento que tornarão a briga pelo título e as próprias etapas ainda mais emocionantes. A Super Classificação, que reunirá os dez melhores tempos dos treinos de classificação; Playoff após a oitava etapa com os dez mais bem classificados na competição; e liberação da “Aquisição de Dados”, equipamento que possibilitará um domínio maior do chefe de equipe e melhor segurança, são as atrações confirmadas para as 12 etapas da Stock Car V8. A Stock Car Light contará com nove rodadas, enquanto a estreante Stock Jr. terá 24 provas em 2006.

No que diz respeito à competição, a grande mudança é a criação do Playoff. A partir das oitava etapa, os dez mais bem colocados pilotos disputarão diretamente o título. Com nova pontuação (1º, 25 pontos; 2º, 20, 3º 16; 4º, 14; 5º, 12; 6º, 10; 7º, 09; 8º, 08; 9º, 07; e 10º, 06), eles terão as quatro etapas restantes para lutarem pelo título da temporada. Os demais participantes continuarão pontuando normalmente e o melhor no final da temporada será declarado 11º colocado e assim sucessivamente. Não haverá descarte de resultados. A fórmula dará uma nova emoção à reta final da competição, deixando aberta a briga pelo primeiro lugar. Vale lembrar que o regulamento da categoria pode ser obtido no site da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA).

Cada etapa também terá um atrativo a mais com a Super Classificação. O grid terá um limite máximo de 38 carros e, após os treinos oficiais de sexta e sábado, os dez mais rápidos farão um treino extra e os tempos obtidos definirão a ordem no grid. “Dez minutos antes da Super Classificação, os dez mais rápidos até o momento deverão estar alinhados em 45º na frente do respectivo box, sendo que a ordem de saída será determinada pela posição nos treinos anteriores. Os pilotos terão dez minutos para fazer o tempo mais rápido, sendo que a entrada no box não permitirá retorno, valendo o tempo obtido até aquele momento”, explica Carlos Col, diretor da Vicar Promoções, realizadora e organizadora da Stock Car Brasil.

Já na parte técnica, foi liberado o uso da “Aquisição de Dados”. “Após longa discussão e uma ampla consulta oficial com todas as equipes, foi aprovado o uso deste equipamento que vai fornecer muitas informações importantes. Entre elas, a comparações entre os carros da equipe, entre regulagens diferentes e melhor monitoramento dos paramentos do motor. Tudo acaba por resultar em domínio maior da situação por parte do chefe de equipe e melhor segurança quanto a eventuais quebras de motor causadas por passadas de giro, falta de pressão de óleo, temperatura de água, etc.”, completa Col.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *