Stock: Circuito de rua em Salvador vira realidade

Contrato de cinco anos foi assinado nesta terça-feira, na capital baiana.

Transformar Salvador na “Mônaco brasileira”. Esse é o objetivo do governador da Bahia, Jaques Wagner, com a realização da sexta etapa da Copa Nextel Stock Car 2009 em um inédito circuito de rua em Salvador. O contrato para a realização do evento, no dia 9 de agosto, foi firmado na manhã desta terça-feira, no Salão de Atos do prédio da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia CAB. O chefe do executivo estadual e Carlos Alberto Col, diretor-presidente da Vicar, promotora da categoria, firmaram um contrato de cinco anos para a realização da etapa.

Cerca de 70 pessoas compareceram à cerimônia, que também contou com a presença de Claudio Tinoco, presidente da Salvador Tur, representando o prefeito João Henrique, Domingos Lionelli, secretario estadual de turismo, Cleyton Pinteiro, presidente da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA), Selma Moraes, presidente da Federação Bahiana de Automobilismo (FBA), o ex-piloto Ingo Hoffmann, e o piloto Patrick Gonçalves, que colaborou com o desenho do circuito juntamente com Diego Freitas. Representantes da Nextel, que dá o nome à competição, Chevrolet e Caixa, patrocinadores, também estiveram presentes.

Animado, o governador Jaques Wagner ressaltou a importância da chegada da Stock Car ao estado. “Este é um dos dias mais alegres do meu governo, pois estou concretizando um antigo sonho da Bahia. Nós precisávamos de coisas criativas e diferentes com esta. Trata-se de um desafio e gostamos disso. Dessa forma, estamos trabalhando para que o Circuito do Centro Administrativo seja um dos melhores do país. Vamos transformar Salvador na Mônaco brasileira”, afirmou.

Ele ainda ressaltou que se unirá à prefeitura para este projeto. “Estamos de mãos dadas com o prefeito João Henrique para que o turismo seja a palavra-chave para o grande acontecimento que é a Stock Car na Bahia. Em momentos de crise muita gente se esconde. Nós discordamos e acreditamos que este seja o momento de investir em projetos como este, que terá muitos benefícios a todos”, completou.

Carlos Col destacou o momento inédito para a categoria. “Para a Stock Car, este é um marco, com a primeira prova de rua de sua história. No que depender de mim e de minha equipe, esta será uma das melhores corridas de rua já feitas”, afirmou. “Gostaria de agradecer ao governador e ao prefeito que entenderam o projeto, que é, na verdade, um grande investimento. Fico feliz por poder repartir a alegria que é a stock car com o público da Bahia e de todo o Nordeste”, completou.

Claudio Tinoco, em nome do prefeito João Henrique, por sua vez, disse que o governo municipal está empenhado para o sucesso do evento. “A prefeitura de Salvador fará tudo o que for necessário para a Stock Car seja um marco para a cidade. O evento passará a ser uma das grandes realizações na capital baiana, assim com o Carnaval”, declarou.

Com a assinatura do contrato, a Stock Car voltará ao Nordeste depois de 30 anos. A primeira e única apresentação da categoria na região foi em 1979, em Fortaleza, que teve como vencedor Alencar Júnior. A partir de agora, o foco se volta para as obras necessárias para a realização da etapa, especialmente o percurso de cerca de 2.800 metros e todo a infra-estrutura necessária para a principal categoria do automobilismo nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *