Stock: Com total domínio no final de semana, Thiago Camilo vence em Curitiba

O paulista da Equipe Texaco Vogel Thiago Camilo, depois de dominar a etapa de Curitiba desde os primeiros treinos livres, venceu a 6ª de ponta-a-ponta.


Thiago Camilo venceu nesse domingo (13/08) a 6ª Etapa da Stock Car V8 em Curitiba (Paraná). O piloto do Chevrolet Astra nº 21 dominou todo o final de semana, sempre entre os mais rápidos, largando também na pole position.

Na largada Camilo manteve-se na ponta, seguido por Mateus Greipel e Rodrigo Sperafico. Mais atrás, Thiago Marques forçou ultrapassagem em frente aos boxes sobre Ingo Hoffmann, ocasionando um toque e ainda tirando também o piloto da Katalogo Racing, Ricardo Maurício.

Apesar do choque entre os três carros e de muitos destroços na pista, a entrada do Safety Car não foi solicitada.

Thiago Camilo manteve-se na frente, abrindo boa vantagem em relação a Mateus Greipel, que também abriu vantagem sob Rodrigo Sperafico.

Correndo em casa, o paranaense defendeu muito bem sua posição aos ataques do bicampeão da categoria, Giuliano Lossaco. Logo atrás formava-se uma fila com os pilotos Popó Bueno, Cacá Bueno e Duda Pamplona.

Na 15ª volta quando estava na 2ª posição, Greipel começou a perder rendimento, obrigando a entrar nos boxes e abandonar a prova. Mais tarde verificou-se que o problema era referente a o cabo de velas do seu Chevrolet Astra que desprendeu-se e pegou no coletor do escapamento do motor, o que o fez perder rendimento na pista.

Cacá Bueno, líder do campeonato até o momento, depois que sua equipe enfrentou problemas no acerto dos carros em Curitiba, vinha fazendo uma boa prova mantendo-se na 5ª posição, porém um pneu furado o obrigou a entrar nos boxes para a troca. Mesmo assim, Cacá ainda voltou e terminou a corrida na 16ª colocação, sem marcar pontos.

Pneus furados e rodadas possivelmente aconteceram devido aos pedaços de carros devido a batida na primeira volta. Luciano Burti que largou na 3ª posição e fazia uma excelente corrida para chegar ao pódio foi o primeiro a ter problema com pneu furado. O piloto da Action Power voltou na 17ª colocação, também sem marcar pontos.

Uma cena muito impressionante foi do piloto Pedro Gomes: com o motor estourado, Gomes abandonou seu carro na área de escape, mas devido a grande quantidade de fumaça, o piloto desceu de seu VW Bora arrastando-se e de joelhos. Prontamente o piloto foi atendido pela equipe média que estava com a ambulância logo ao lado, mas nada de preocupante foi verificado.

Com quase 6s de vantagem em relação a Sperafico, Thiago pode começar a administrar sua vantagem e alcançar sua primeira vitória na temporada.

Thiago Camilo venceu a etapa de Curitiba da Stock Car V8, fortalecendo sua posição para disputar o título na fase final da categoria.

Mesmo sem pontuar, Cacá Bueno se mantém na liderança com 100 pontos, seguido por Hoover Orsi (85 pontos), Camilo (67 pontos) e Losacco (58 pontos).

A próxima etapa acontece em Santa Cruz do Sul (RS) no dia 03 de setembro.

Confira a classificação final da prova:

1º) Thiago Camilo (CA, SP), 32 voltas em 44:42.616 (média de 158.67 km/h)
2º) Rodrigo Sperafico (CA, PR), a 2.802
3º) Giuliano Losacco (CA, SP), a 3.479
4º) Popó Bueno (CA, RJ), a 6.261
5º) Duda Pamplona (ML, RJ), a 7.821
6º) Felipe Maluhy (ML, SP), a 10.984
7º) Hoover Orsi (VB, MS), a 16.039
8º) Guto Negrão (CA, SP), a 18.260
9º) Allam Khodair (CA, SP), a 25.701
10º) David Muffato (VB, PR), a 26.672
11º) Alceu Feldmann (CA, PR), a 27.182
12º) Ruben Fontes (CA, GO), a 30.909
13º) Paulo Salustiano (CA, SP), a 31.619
14º) Jader David (VB, SP), a 32.066
15º) Fábio Carreira (VB, SP), a 38.559
16º) Cacá Bueno (ML, RJ), a 1:10.219
17º) Luciano Burti (VB, SP), a 1 volta
18º) Carlos Alves (VB, SP), a 2 voltas
19º) Mano Rola (CA, CE), a 2 voltas
20º) Felipe Gama (CA, SP), a 4 voltas
21º) Pedro Gomes (VB, SP), a 4 voltas
22º) Hybernon Cisne (CA, CE), a 6 voltas
23º) Luiz Carreira (CA, SP), a 10 voltas
24º) Antonio Jorge Neto (ML, SP), a 11 voltas
25º) Christian Conde (ML, SP), a 12 voltas
26º) Diogo Pachencki (CA, PR), a 16 voltas
27º) Mateus Greipel (CA, SC), a 17 voltas
28º) Juliano Moro (ML, RS), a 17 voltas
29º) Tarso Marques (ML, PR), a 19 voltas
30º) Nonô Figueiredo (CA, SP), a 21 voltas
31º) Gualter Salles (CA, RJ), a 24 voltas
32º) Ruben Carrapatoso (ML, SP), a 24 voltas
33º) Valdeno Brito (CA, PB), a 28 voltas

Melhor Volta: Juliano Moro, 1:22.312

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *