Stock: Corrida de Campo Grande virou treino para São Paulo

Depois de um início altamente promissor e ter marcado o segundo melhor tempo na primeira sessão de treinos livres, Duda Pamplona completou sua agenda de trabalhos na terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Stock Car resignado a usar a prova para testar novos acertos para a prova de São Paulo, que acontece dia 17 no Autódromo José Carlos Pace.


O carioca abandonou a prova a quatro voltas do final da competição vencida por Tarso Marques; Nonô Figueiredo também não completou e cumpriu apenas 18 voltas.

Um fato que selou o destino de vários pilotos na etapa deste final de semana foi a performance dos pneus entregues no paddock de Campo Grande: a aderência foi abaixo do esperado e a performance desse equipamento variou muito, a ponto de criar muitas interrogações sobre o acerto de suspensão.

“Os pneus entregues aqui desgastavam rapidamente e muito mais que os utilizados em outros circuitos. Equipes que ainda dispunham de pneus novos das provas de São Paulo e Curitiba levaram certa vantagem. Diante das dificuldades em acertar nosso carro e largando da última fila, decidimos encarar esta corrida como um teste para a próxima etapa, daqui a duas semanas, em Interlagos.”

Fábio Gaia, diretor esportivo da Officer Motorsport, foi objetivo ao comentar o fim de semana da equipe em Campo Grande:

“Para a corrida de Interlagos ainda não sabemos o que teremos que fazer, mas com certeza temos muito claro o que não esperamos: que se repita o que aconteceu nesta etapa no Mato Grosso do Sul. Por outro lado, dois estudantes de mecânica tiveram a oportunidade de acompanhar a corrida no nosso box, uma forma da Officer Motorsport contribuir para o futuro profissional desses jovens.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *