Stock: ‘Corrida de rua’ em Londrina

Circuito travado e com áreas de escape reduzidas fazem do circuito paranaense o mais próximo de uma corrida de circuito de rua, segundo pilotos da K-med Action Power, Thiago Marques e Antonio Pizzonia.

O primeiro calendário da temporada 2008 da Copa Nextel de Stock Car previa para este ano uma corrida em circuito de rua, na cidade de Salvador (BA). A décima etapa, no entanto, foi confirmada para o circuito de Brasília, fazendo com que a categoria tenha suas disputas exclusivamente em autódromos.

Mas a oitava etapa da Stock Car, que será realizada neste sábado, em Londrina, tem características que lembram uma prova em circuito de rua. Segundo Antonio Pizzonia e Thiago Marques, da equipe K-med Action Power, a pista paranaense é bastante travada, com curvas de baixa velocidade e poucos trechos de reta, dificultando assim as ultrapassagens. Além disso, as áreas de escape são escassas.

“Como a Stock Car não tem corrida em circuito de rua, podemos dizer que a prova em Londrina é a que mais se aproxima deste tipo de prova. Além da característica da pista, que é bastante travada, a proximidade com o muro também é uma constante neste circuito”, diz Thiago Marques (K-med-Alpina-Mio), citando o traçado de 3.145 metros no norte do Paraná. “É uma pista difícil, que aprendi a gostar. Nas primeiras vezes, confesso que não era muito fã, mas hoje acho uma prova interessante”, afirma o paranaense.

Segundo Pizzonia, outro fato marcante do autódromo é que o asfalto é bem abrasivo, o que pode aumentar o desgaste dos pneus. “A situação pode ser ainda pior se a prova for disputada com calor intenso”, diz o amazonense, que tem um elo especial com Londrina. Foi nesta pista onde o atual piloto da K-med Action Power fez sua estréia na Stock Car, no ano passado.

“Este será um final de semana de comemorações, voltando pra pista de minha estréia no ano passado na Stock Car. Além disso, vou comemorar meu aniversário no dia 11”, diz Pizzonia, que também celebra a entrada em um novo campeonato, a Fórmula Superleague, onde será piloto da equipe do Corinthians.

Tanto Pizzonia quanto Thiago Marques buscam tirar o máximo de proveito desta fase paranaense da Stock Car (com duas corridas consecutivas no Estado, neste sábado em Londrina e no outro domingo, dia 21, em Curitiba) para somar mais pontos no campeonato.

“Desde Santa Cruz do Sul, nosso desempenho melhorou muito, conseguindo largar no top-15 com boa freqüência, mas não revertemos isso em pontos. Esperamos que esta fase paranaense do campeonato traga sorte para nossa equipe”, diz Marques.

Os treinos livres serão disputados a partir desta quinta-feira em Londrina. A definição do grid de largada será na sexta. A oitava etapa da Copa Nextel de Stock Car está marcada para as 10h15 de sábado, com transmissão ao vivo pela TV Globo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *