Stock: Daniel Serra vence a Corrida do Milhão

Daniel Serra (Eurofarma RC) venceu neste domingo (01/07) a Corrida do Milhão, em Curitiba, nona etapa da temporada. Marcos Gomes e Cacá Bueno, parceiros na Cimed Racing, completaram o pódio.

Pole-position Serra dominou a prova, perdendo a liderança apenas quando fez o seu pit stop obrigatório, na volta 18. De volta a pista Serra superou Thiago Camilo (Ipiranga Racing) e retomou a ponta.

Na volta final dez pilotos ficaram sem combustível, incluindo Camilo, que vinha em segundo lugar.

No final Serra recebeu a bandeirada com 2s696 de vantagem sobre Gomes. Bueno completou o pódio.

“Dinheiro extra entrando na conta é sempre bom, estou cheio de boleto em casa para pagar. A equipe fez um trabalho sensacional, um dos melhores carros que eu já guiei na Stock Car. Dessa vez o Meinha conseguiu se superar, a equipe fez um trabalho fantástico. Sou eu que subo no pódio, mas o trabalho deles é essencial”, declarou Serra, que faturou o prêmio de R$ 1 milhão.

Rubens Barrichello (Full Time Sports) terminou em quarto, seguido por Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) e Max Wilson (RCM Motorsport). Cesar Ramos (Blau Motorsport), Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team), Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) e Guilherme Salas (Vogel Motorsport) fecharam os dez primeiros.

A prova teve apenas um acidente de maiores proporções. Logo na primeira curva vários carros saíram da pista, com Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) rodando e acertando vários carros. Na confusão apenas Denis Navarro (Cimed Racing Team) abandonou.

Durante as paradas nos boxes Ricardo Zonta (Shell Racing) atropelou um pneu que estava solto no boxe de Ricardo Mauricio (Eurofarma RC), mas sem atingir ninguém. Genz também atropelou um pneu, do boxe de Barrichello.

Barrichello, Bia Figueiredo ((Full Time Academy), Felipe Fraga (Cimed Racing Team), Camilo, Cacá Bueno e Átila Abreu(Shell Racing) foram os seis pilotos mais votados na eleição do Hero Push, o aviso de que teriam um push extra, além dos oito já concedidos pela organização.

Serra assumiu a liderança do campeonato com 142 pontos, seguido por Camilo com 126.

A próxima etapa acontece no dia 23 de julho, em Curvelo, no interior de MG.

Final:

1    29 Daniel Serra (Eurofarma RC ) – 29 voltas em 42min02s032
2    80 Marcos Gomes (Cimed Racing) – a 2s696
3    0 Cacá Bueno (Cimed Racing) – a 16s086
4    111 Rubens Barrichello (Full Time Sports) – a 18s576
5    4 Julio Campos (Prati-Donaduzzi Racing) – a 23s144
6    65 Max Wilson (RCM Motorsport) – a 23s545
7    30 Cesar Ramos (Blau Motorsport) – a 34s041
8    46 Vitor Genz (Eisenbahn Racing Team)- a 36s378
9    83 Gabriel Casagrande (Vogel Motorsport) – a 37s981*
10    117 Guilherme Salas (Vogel Motorsport) – a 39s778
11    44 Betinho Valério (Hero Motorsport) – a 40s425
12    77 Valdeno Brito (Eisenbahn Racing Team) – a 43s616
13    31 Marcio Campos (Blau Motorsport) – a 44s106
14    70 Diego Nunes (Hero Motorsport) – a 50s729
15    188 Beto Monteiro (Mico’s Racing) – a 52s438
16   3 Bia Figueiredo (Full Time Academy ) – a 1min13s217
17    90 Ricardo Mauricio (Eurofarma RC) – a 1 volta
18    18 Allam Khodair (Full Time Sports) – a 1 volta
19    40 Felipe Fraga (Cimed Racing Team) – a 1 volta
20    51 Átila Abreu (Shell Racing) – a 1 volta
21    28 Galid Osman (Ipiranga Racing) – a 1 volta
22    10 Ricardo Zonta (Shell Racing) – a 1 volta
23    21 Thiago Camilo (Ipiranga Racing) – a 2 voltas
24    9 Guga Lima (Bardahl Hot Car) – a 2 voltas
25    8 Rafael Suzuki (Cavaleiro Sports) – a 2 voltas*
26    12 Lucas Foresti (Full Time Academy) – a 3 voltas

Não completaram 75% da prova:

27    110 Felipe Lapenna (Cavaleiro Sports)
28    25 Tuka Rocha (RCM Motorsport)
29    73 Sergio Jimenez (Bardahl Hot Car)
30    5 Denis Navarro (Cimed Racing Team)

Desclassificado:

31    1 Antonio Pizzonia (Prati-Donaduzzi Racing) **

* Punidos com o acréscimo de 20 segundos ao tempo final de prova por atitude antidesportiva

** Desclassificado por atitude antidesportiva

 

Classificação do cameponato:

 

1    29 Daniel Serra – 142
2    21 Thiago Camilo – 126
3    65  Max Wilson – 123
4    111 Rubens Barrichello – 120
5    51 Átila Abreu – 111
6    80 Marcos Gomes – 101
7    90 Ricardo Mauricio – 98
8    0  Cacá Bueno – 93
9    88 Felipe Fraga – 79
10    77 Valdeno Brito – 59
11    4 Julio Campos – 54
12    46 Vitor Genz – 53
13    25 Tuka Rocha – 53
14    10 Ricardo Zonta – 48
15    30 Cesar Ramos – 43
16    70 Diego Nunes – 43
17    117 Guilherme Salas – 42
18    18 Allam Khodair – 37
19    8 Rafael Suzuki – 37
20    28 Galid Osman – 36
21    83 Gabriel Casagrande – 35
22    12 Lucas Foresti – 34
23    110 Felipe Lapenna – 30
24    1 Antonio Pizzonia – 28
25    5 Denis Navarro – 24
26    3 Bia Figueiredo – 22
27    31 Marcio Campos – 21
28    44 Betinho Valério – 18
29    73 Sergio Jimenez – 14
30    9 Guga Lima – 14
31   188 Beto Monteiro – 9

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *