Stock: Duda e Nonô ficam entre os dez mais rápidos

Officer Motorsport se destaca entre equipes.

Nonô Figueiredo (1m41s242) e Duda Pamplona (1m42s259) ficaram respectivamente em sétimo e oitavo lugares no primeiro livre da temporada de Stock Car e deram à Officer Motorsport o privilégio de ser a única equipe a colocar seus dois pilotos entre os dez mais rápidos do dia, hoje, em Interlagos (SP). A melhor marca do dia foi obtida entre os 31 carros que saíram à pista por Thiago Camilo (1m40s413); a temporada começa domingo e terá 12 etapas nos principais autódromos do País e, ainda a ser confirmada, uma etapa em Salvador a ser disputada em um circuito de rua montado em torno do Centro Administrativo da capital baiana.

 

A novidade do calendário não é a única da temporada de 2009: este ano a categoria passa a utilizar um carro inédito e com novos sistemas de cambio, freios e suspensão. A novidade animou os pilotos, como explica Duda Pamplona:

 

“O carro é bem interessante de pilotar e causou uma impressão bem interessante: por causa da maior pressão aerodinâmica nós estamos chegando cerca de sete quilômetros por hora mais lento aos pontos de freada, mas pelo mesmo motivo conseguimos contornar as curvas mais rapidamente.”

 

Comentando sobre os contratempos que marcaram o trabalho da maioria das equipes no treino de hoje Nonô Figueiredo lembrou que todo carro novo apresenta problemas de desenvolvimento. Segundo ele, o ponto positivo do dia foi o empenho dos mecânicos:

 

“Em todo o início de temporada a carga de trabalho é maior do que o normal, mas este ano os mecânicos e engenheiros estão enfrentando um desafio bem maior. Muitos deles estão praticamente sem dormir e nem por isso perderam o bom humor. Mais do que isso, nenhum se deixou abater pelo cansaço, o que nos anima ainda mais para buscar um resultado melhor.” arlos Col, diretor-presidente da Vicar, lamentou o ocorrido. “Sem dúvida não esperávamos que isso acontecesse. Vamos avaliar o que pode ser feito pelas equipes para evitar a proximidade da fibra com o ponto quente e a possível retirada do Impaxx – material utilizado pela Nascar – do lado direito, uma vez que este foi, aparentemente, o responsável pela propagação do fogo e fumaça excessiva”, explica o dirigente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *