Stock: Em final eletrizante, Cacá Bueno vence em Interlagos

Cacá Bueno (Red Bull Racing) venceu neste domingo (03/03), no Autódromo de Interlagos, em São Paulo, a etapa de abertura da Stock Car. Foi a 29ª vitória de pentacampeão na categoria. Valdeno Brito (Shell Racing) e Ricardo Maurício (Eurofarma RC) completaram o pódio.

Pole-position, Julio Campos (Prati Donaduzzi) manteve a ponta na largada, com Maurício pulando da quarta para a segunda posição. Bueno, de segundo, caiu para quarto.

Logo nos primeiros minutos, vários pilotos entraram nos boxes, para reabastecimento e também troca de pneus. Entre eles, Bueno, Maurício, Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), Daniel Serra (Red Bull Racing) e Max Wilson (Eurofarma-RC).

Campos entrou nos boxes com seis minutos de prova. Átila Abreu (Mobil Super Pioneer), Brito, Fábio Fogaça (Vogel Motorsports), Vitor Genz (Gramacho Competições) e Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), sem pararem nos boxes, assumiram as primeiras posições. Cacá era o sexto, seguido por Maurício.

Brito foi para os boxes com 18 minutos de disputa, com Abreu entrando no minuto seguinte. Com um trabalho perfeito de boxes, Abreu voltou em terceiro, atrás de Fogaça e Genz, que ainda não tinham parado, e a frente de Bueno.

Com Fogaça nos boxes, Genz, estreante na categoria, assumiu a liderança, seguido por Abreu e Bueno.

Faltando treze minutos, Campos levou um toque de Allam Khodair (Vogel Motorsports), e perdeu muitas posições. Com o pneu traseiro direito furado (o que mais sofreu desgaste na prova devido ao sentido anti-horário da pista), Campos abandonou pouco depois. Também com o pneu traseiro direito furado, Rubens Barrichello (Full Time), que andava na zona de pontos, foi para os boxes, trocar o composto. Camilo foi outro com problemas no pneu traseiro direito, tendo que fazer uma segunda parada.

Faltando três minutos para o final, Genz foi para os boxes. Abreu, líder, Bueno e Brito começaram então uma intensa disputa pela vitória, com os três lado a lado. Brito passou Bueno e foi para cima de Abreu, que tinha problemas de combustível. Mais lento, o piloto da Mobil Super Pioneer espremeu Brito, com Bueno aproveitando o momento, para por dentro, assumir a liderança.

Na volta final, Bueno controlou os ataques de Brito, recebendo a bandeirada com 0s763 de vantagem. Pelo terceiro ano consecutivo, Bueno vence a prova de abertura da temporada, em Interlagos.

“Foi uma grande corrida o Valdeno fez uma grande corrida e valorizou a vitória que conseguimos hoje. Gostaria de agradecer ao excelente trabalho da equipe e também aos patrocinadores que tem muita importância nessa conquista”, afirmou o vencedor.

Maurício completou o pódio. Serra foi o quarto, seguido por Tuka Rocha (BMC Racing). Wilson, Khodair, Luciano Burti (Boettger Competições), Fogaça e Rafa Matos (Hot Car Competições) fecharam os dez primeiros. Abreu chegou na 12ª posição.

A próxima etapa acontece em Curitiba, no dia 17 de março.

Final:

1) Cacá Bueno (Red Bull Racing), 43min21s489, média de 149,25 km/h
2) Valdeno Brito (Shell Racing), a 0s763
3) Ricardo Maurício (Eurofarma RC), a 7s906
4) Daniel Serra (Red Bull Racing), a 11s861
5) Tuka Rocha (BMC Racing), 15s462
6) Max Wilson (Eurofarma-RC), 15s639
7) Allam Khodair (Vogel Motorsports), a 22s250
8) Luciano Burti (Boettger Competições), a 22s367
9) Fábio Fogaça (Vogel Motorsports), a 23s868
10) Rafa Matos (Hot Car Competições), a 26s834
11) Galid Osman (Ipiranga-RCM), a 28s370
12)Átila Abreu (Mobil Super Pioneer), a 28s591
13) Marcos Gomes (Carlos Alves Competições), a 30s464
14) Ricardo Sperafico (Officer ProGP), a 31s167
15) Lico Kaesemodel (Boettger Competições), a 31s184
16) Diego Nunes (RC3 Bassani), a 35s926
17) Wellington Justino (Hot Car Competições), a 40s571
18) Vitor Genz (Gramacho Competições), a 51s813
19) Thiago Camilo (Ipiranga-RCM), a 55s023
20) Duda Pamplona (Officer Pro GP), a 55s783
21) Popó Bueno (Shell Racing), a 56s161
22) Rodrigo Pimenta (Gramacho Competições), a 1min01s899
23) Ricardo Zonta (BMC Racing), a 1min21s911
24) Nonô Figueiredo (Mobil Super Pioneer Racing), a 1min22s460
25) Rubens Barrichello (Full Time), a 1min30s068
26) Denis Navarro (Voxx Racing), a 1 volta
27) Beto Cavaleiro (Hanier Racing), a 1 volta
28) Sérgio Jimenez (Voxx Racing), a 2 voltas
29) Alceu Feldmann (Full Time Competições), a 2 voltas
30) Julio Campos (Prati Donaduzzi), a 9 voltas
31) Patrick Gonçalves (RC3 Bassani), a 11 voltas
32) David Muffato (Carlos Alves Competições), a 17 voltas
33) Felipe Lapenna (Hanier Racing), a 21 voltas
34) Rodrigo Sperafico (Prati-Donaduzzi), a 24 voltas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *