Stock: Em Jacarepaguá, Luciano Burti larga da 6ª posição na SKY Corrida do 1 Milhão de Dólares

Prejudicado pela chuva que desabou nos primeiros minutos do classificatório, o companheiro Tarso Marques inicia a disputa em 22º.

A chuva que caiu no Autódromo de Jacarepaguá (RJ) neste sábado (30) dificultou a vida dos pilotos no treino classificatório da 7ª etapa da Copa Nextel Stock Car. Aqueles que entraram na pista nos primeiros minutos (antes que a chuva se intensificasse) cravaram as melhores marcas. Esse foi o caso do piloto da SKY Racing, Luciano Burti, que apresentou um bom desempenho nas três fases da tomada de tempo e largará da 6ª colocação. A pole position ficou com o atual campeão da categoria Cacá Bueno. A ‘SKY Corrida do 1 Milhão de Dólares’ terá início neste domingo (31), a partir das 10h30, com transmissão ao vivo da Globo.


A posição do paulista no grid só não foi melhor porque depois de conquistar o 2º melhor tempo na disputa entre ele e Valdeno Brito na terceira fase do classificatório, Burti foi penalizado por queima de largada e caiu para 6º.


“O sistema de largada lançada ainda é novo e eu me preocupei em prestar atenção na bandeira e não no cone, com isso acabei queimando a largada. Mas o trabalho feito ontem pela equipe foi ótimo e o carro está muito competitivo”, disse Burti, 12º no campeonato, com 25 pontos.


“Certamente largar na primeira fila seria melhor, mas a prova de amanhã é muito longa e não será essa punição que vai me atrapalhar; buscarei a vitória. Só espero que a pista esteja totalmente seca ou totalmente molhada e não no meio termo porque acabará prevalecendo a sorte de a equipe colocar o pneu certo na hora certa”, comentou o paulista.


Já seu companheiro Tarso Marques enfrentou um problema no carro durante o treino de pit stop, realizado pela manhã, o que retardou sua entrada na pista no classificatório. Isso fez com que a chuva atrapalhasse o seu desempenho e o paranaense partirá em 22º.


“Estou bem decepcionado. O sistema de direção quebrou e quando a equipe terminou o conserto já havia se passado sete minutos da primeira fase da tomada de tempo. E, justamente na hora que eu entrei na pista, começou a chover muito. Isso impediu que eu conquistasse um bom tempo”, lamentou Tarso.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *