Stock: Equipe de Stock Car vai ampliar atuação para mais duas outras categorias em 2008

A temporada 2007 do automobilismo chega a seu final, mas algumas equipes já trabalham com o otimismo para o ano que vem. Uma delas é a paulistana M4T/WAS (Inpacom/Nicoboco/Sawary/RedeTV), que além de lutar para ficar entre as 16 melhores da Stock Car que se garantem em 2008, vai ampliar sua área de atuação na Copa Nextel.

“Vamos manter os dois carros na Stock Car, mas também teremos um equipamento na Stock Light e vamos entrar com uma vaga na Pick-Up Racing”, explica Miguel Ferreira, chefe da equipe. A corrida final do campeonato é neste domingo (09/12) no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. A TV Globo mostra ao vivo a partir das 11 horas.

Apenas em sua segunda temporada na Stock Car, a M4T/WAS já coleciona bons resultados. Na estréia em 2006, a escuderia foi a melhor estreante da temporada, assim como seu piloto Paulo Salustiano. Agora em 2007 a equipe conta também com o catarinense Mateus Greipel ao volante desde a quinta corrida, em Londrina. Mesmo com o segundo bólido apenas a partir da etapa paranaense, o time permanece na briga para ficar entre as 16 melhores do ano. “Ficamos um terço do campeonato com um carro a menos do que as concorrentes, e ainda estamos firmes na disputa”, alerta Ferreira.

Já na Stock Light a escuderia tem bastante tradição. Em sua estréia, no ano de 2005, juntamente com Salustiano, ela se sagrou vice-campeã no campeonato de equipes e de pilotos, apenas um ponto atrás dos vencedores. “Tínhamos apenas um carro e perdemos os dois títulos nos detalhes”, ressalta o dirigente. No ano seguinte o sucesso veio com o apoio técnico dado ao time do competidor Renato Russo, com alguns resultados expressivos. “Em quase todas as corridas o Russo largava entre os quatro melhores. Foram cinco provas completadas entre os sete primeiros”, lembra Miguel. Em 2007 o time representante da Inpacom/Nicoboco/Sawary/RedeTV fez algumas corridas como carioca Alexandre Cunha e obteve uma excelente segunda posição logo na prova de abertura, em Interlagos.

Agora o novo desafio é a remodelada Pick-Up Racing. A partir do ano que vem os carros da categoria terão chassi tubular como os Stock Car, e apenas a bolha externa terá uma aparência diferenciada. “É uma nova frente de trabalho, vamos investir nas três categorias. Tenho certeza que teremos sucesso”, finaliza Miguel Ferreira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *