Stock: Fim de férias. Stock Car faz treinos em Interlagos

Com novidades, categoria volta à pista depois de quase quatro meses.

A principal categoria do automobilismo brasileiro volta à pista nesta quarta-feira. Quase quatro meses depois do encerramento da temporada de 2007, que garantiu o bicampeonato a Cacá Bueno (RC), a Stock Car V8 fará em Interlagos seus dois únicos dias de testes antes da abertura do calendário, marcada para 13 de abril também no autódromo paulistano. Os 34 carros, limite estabelecido pelo regulamento, treinarão em duas sessões nesta quarta-feira, das 10 às 11h30 e das 14h30 às 16 horas; na quinta, das 10 às 11h30 e das 13h45 às 15h15.


O ano será marcado pelo elevado número de novidades técnicas, desportivas e promocionais, como a introdução de um novo diferencial, um formato diferente e original de treinos classificatórios, uma corrida com premiação de um milhão de dólares e o rebaixamento das últimas três equipes. A dança das cadeiras movimentou os bastidores durante o período de férias. Entre as mudanças mais importantes estão a chegada do paraibano Valdeno Brito à Equipe Medley, como novo companheiro de Marcos Gomes, e a conseqüente transferência de Ricardo Maurício para o outro time comandado por Andreas Mattheis como parceiro de William Starostik. Guto Negrão, por sua vez, trocou a Medley pela Vogel.


Nesta terça-feira, foi intenso o trabalho dos mecânicos na montagem dos boxes e no desembaraço do material das equipes. Vários pilotos apareceram no autódromo e a expectativa deles é sobre o comportamento dos pneus Goodyear, empresa que substitui a Pirelli como fornecedora exclusiva da Stock Car. Cada piloto terá direito a três jogos zero para os dois dias de ensaios. Importados dos Estados Unidos, os pneus foram concebidos especificamente para a Stock Car.


Diretor-técnico das equipes Medley e Medley/A. Mattheis, Andreas Mattheis afirmou que o foco dos trabalhos será a avaliação do carro com os novos pneus e diferencial. “Aparentemente, é uma mudança significativa, mas só vamos saber o tamanho exato dela depois dos treinos”, lembrou. Os quatro carros ficaram abrigados nos mesmos boxes, o que não acontecerá ao longo da temporada. “Se por um lado ficará tudo um pouco mais apertado, por outro haverá maior sinergia e agilidade no cruzamento das informações”, completou Mattheis.


 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *