Stock: Gomes e Negrão seguem com a Medley/Full Time

Pilotos e equipe renovam contratos e falam em brigar pelo título na temporada 2012

Mais antiga patrocinadora da categoria, a Medley renovou o apoio à equipe Full Time Sports e aos pilotos Marcos Gomes e Xandinho Negrão para a temporada 2012 da Stock Car. A empresa farmacêutica, líder do mercado brasileiro de medicamentos genéricos desde 2002 e ocupando a segunda colocação no ranking geral dos laboratórios, marcará presença pelo 15º ano seguido na principal série do automobilismo nacional.

Os termos finais do acordo com a equipe e os pilotos foram costurados na semana passada, antes da última etapa do calendário no autódromo gaúcho do Velopark. O campeonato marcou a primeira temporada da parceria da Medley com a Full Time Sports, comandada pelo diretor-técnico Maurício Ferreira. Gomes terminou na 7ª colocação, enquanto Xandinho ficou em 17º. Ao mesmo tempo, a Medley/Full Time Sports classificou-se em 7º no campeonato de equipes.

Contente com o prolongamento do vínculo, Ferreira acredita que a equipe tem potencial para alcançar resultados bastante superiores aos de 2011. “Estou satisfeito com a confiança que a Medley deposita em nosso trabalho. Por uma série de razões, não transformamos em pontos as posições de largada do Marcos Gomes. O vice-campeonato seria uma colocação bastante possível para ele”, observa Ferreira. “O acidente no treino de fevereiro em Piracicaba complicou a primeira metade da temporada do Xandinho e tornou mais difícil a entrada dele nos playoffs. Mas não tenho dúvidas de que, com a experiência e o entrosamento adquiridos neste ano, seremos protagonistas com os dois pilotos em 2012”, acrescenta o dirigente, que deverá reforçar a área técnica da equipe.

Gomes largou duas vezes na pole – na prova inaugural em Curitiba e na Corrida do Milhão em Interlagos – e chegou perto da vitória em diversas oportunidades, inclusive domingo passado no Rio Grande do Sul, onde um choque com Cacá Bueno na luta pela liderança na última volta provocou o abandono dos dois pilotos. “Revi as imagens e minha opinião continua a mesma: não fui o responsável pela batida. Pode-se até considerar como acidente normal de corrida, mas se é preciso apontar um responsável, esse não sou eu”, argumenta. Gomes diz que o balanço do ano deixa uma sensação de frustração por não ter convertido em resultados o excelente desempenho nas tomadas classificatórias. “Acho que nos faltou um pouco de sorte. Mas o importante agora é olhar para 2012. Estou feliz por continuar recebendo o suporte da Medley, com a qual conquistei minhas primeiras vitórias na Stock Car em 2007 e 2008, e estou certo que no ano que vem estaremos novamente nos playoffs e brigando pelo título.”

Xandinho corre na Stock Car com patrocínio da Medley desde o ingresso na categoria em 2009. “Estou feliz em poder continuar recebendo esse apoio. Depois da troca de equipe no final de 2010, este foi um ano de transição e aprendizado, mas não esperávamos que os problemas fossem tantos. Mesmo assim, acredito que todos perceberam que a equipe e os pilotos têm todas as condições de alcançar os resultados positivos que acabaram faltando. Não tenho dúvidas que na próxima temporada vamos entregar o retorno que a Medley espera”, promete.

Em nome da empresa, o diretor da unidade de genéricos justifica a extensão dos contratos por uma nova temporada. “A Stock Car tem crescido continuamente em termos de competitividade e profissionalismo. A Medley, como seu mais antigo patrocinador, identifica na modalidade o espírito de inovação e tecnologia, e acredita que a temporada de 2012 será ainda mais positiva”, sublinha José Gravallos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *