Stock Jr.: Briga acirrada pelo título da Master. Na Pro, Polehto lidera

A próxima etapa será no dia 19 de novembro, no Rio de Janeiro.

Assim como na Stock Car V8, a categoria estreante da Stock Car Brasil, a Stock Jr., também vai chegando ao seu momento de decisão. Após as duas etapas realizadas no Autódromo Internacional de Tarumã, em Viamão (RS), a disputa apresenta um grande equilíbrio na classe Master, com os pilotos Jason Oliveira, Linneu Linardi e Amilcar Collares brigando pelo título; enquanto na Pro a liderança é de Felipe Polehtto, que está bem próximo da conquista  na Stock Jr. A 11ª etapa será no dia 19 de novembro, no Autódromo Internacional Nelson Piquet, no Rio de Janeiro.


A briga na Master deverá ser um dos destaques das duas etapas restantes. Afinal, três pilotos estão no páreo pelo título, o que não permite erros de nenhum deles. O paulista Jason Oliveira lidera a classe com 982,5 pontos, fruto das vitórias nas últimas cinco provas que o colocaram de vez na disputa. Em Tarumã, no domingo, ele ficou com o segundo lugar no geral, mostrando que está firme na caminhada rumo ao título. Linardi (SP) e Amilcar (RJ), destaques no início da temporada, também correm atrás dos pontos nas provas restantes, dando mais emoção à classe Master.


Os cinco mais bem colocados na classificação da classe Master são o seguintes: 1º Jason Oliveira, 982,5 pontos; 2º Linneu Linardi, 957,0; 3º Amilcar Collares, 913,5; 4º João Federowicz, 462,0; 5º Guilherme Jacob, 289,0


Com uma campanha muito regular, o carioca Felipe Polehtto pode garantir o título da classe Pro por antecipação correndo em casa, no Rio de Janeiro. Isso porque ele tem 1018, pontos e, em caso de vitória, não poderá mais ser ultrapassado pelos demais. Na segunda colocação está Thiago Riberi, com 887,5, que poderia estar mais perto uma vez que venceu a 10ª etapa, mas foi penalizado e caiu para oitavo. Cássio Homem de Mello vem na terceira colocação, com 883.0 pontos e segue na luta pelo título


A classificação da Pro apresenta os seguintes pilotos: 1º Felipe Polehtto, 1018,0 pontos; 2º Thiago Riberi, 887,5; 3º Cássio Homem de Mello, 883,0; 4º Cauê Carvalho, 871,5; 5º Guilherme de Conto, 840,5; 6º Rafael Negrão, 757,5; 7º Caio Travaglini, 716,0; 8º Pedro Boesel, 477,0; 9º Felipe Massoni, 459,0; 10º Adriano Griecco, 252,5.


A Stock Car Brasil tem realização e organização da Vicar Promoções, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo. Os patrocínios são de Chevrolet, Volkswagen e Pirelli e co-patrocínio da Bosch, Mitsubishi, Texaco e Medley. Apoios de Cobreq, Fremax, Transzero e Binno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *