Stock Jr.: Categoria confirma equilíbrio logo no começo da temporada 2007

A categoria mostra que vai repetir emoção de
2006. Campo Grande é a próxima etapa.

Foram somente duas etapas até agora, em São Paulo e Curitiba. Mas, mesmo assim, o começo foi a todo vapor, com boas disputas pela vitória e pelos pontos para o título da temporada. Esta é a Stock Jr., categoria de formação para a Copa Nextel Stock Car, que repete o sucesso de 2007, quando realizou sua temporada de estréia. Com 17 pilotos inscritos, divididos pelas classes Pro e Master, a Stock Jr. fará sua terceira das 11 etapas previstas no dia 3 de junho, no Autódromo Internacional de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, com expectativa de novo show de ultrapassagens e competitividade.

A Stock Jr. vai confirmando na pista toda a agitação da pré-temporada, quando a procura por um dos 17 carros foi muito grande. Depois das duas primeira etapas, Pro e Master apresentam equilíbrio na disputa pela vitória e pelo título. Outra coincidência é que apenas pilotos paulistas ocupam as três primeiras posições em cada classe. Thiago Riberi é o líder com 49 pontos, um à frente de Cássio Homem de Mello. Cauê Carvalho aparece em terceiro, bem próximo, com 41 pontos conquistados até o momento.

Na Master, Jason Oliveira, vice-campeão em 2006, tem um pouco mais de folga mas não o suficiente para relaxar. Ele soma 60 pontos, 16 a mais que o segundo colocado, Rodrigo Navarro. Adriano Amaral aparece em terceiro, com 35 pontos. Como a diferença é pequena, basta um erro de qualquer um para que a tabela mude, tornando importante cada disputa.

Vale lembrar que a pontuação na Stock Jr. é semelhante à da Copa Nextel Stock Car, mas há uma bonificação para os primeiros colocados de cada prova na primeira metade (com 15 minutos os pilotos são reagrupados). No ano passado, na etapa de Campo Grande, três pilotos acabaram vencendo na rodada dupla. Felipe Polettho e Cássio Homem de Mello, na Pro, e Linneu Linardi, na Master.

A Copa Nextel Stock Car tem realização e organização da Vicar Promoções, com supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo (CBA). O patrocínio é de Pirelli e Caixa, com co-patrocínio de TAM, Medley, Bosch, Texaco e Petrobras.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *