Stock Jr.: Fábio Fogaça sem pressão para a estréia em Tarumã

Piloto vem de vitória na etapa anterior.

No meio do automobilismo costuma-se dizer que quando um piloto conquista sua primeira vitória, tudo se desenrola com mais naturalidade. De patrocínio novo e prestes a disputar a décima etapa da Stock Jr, o jovem sorocabano Fábio Fogaça (Braspress/G.Giannone/Feeder/Emee) espera comprovar essa máxima. “A vitória na corrida passada me tirou um pouco da pressão que eu mesmo me imponho para conseguir bons resultados. Acho que agora terei muito mais tranqüilidade para acelerar forte”, afirma o piloto, que aos 17 anos é o mais jovem competidor de todos os eventos da Stock Car. A corrida acontece neste domingo (23/11), no Autódromo de Tarumã, no Rio Grande do Sul.


 


Na corrida passada, disputada em Curitiba, Fábio Fogaça subiu pela primeira vez no lugar mais alto do pódio, e de maneira marcante. Com a pista úmida, ele largou em sétimo e numa pilotagem bastante agressiva recebeu a bandeirada na primeira colocação. “Essa vitória me valeu não só o bom resultado na pista, mas também me rendeu patrocínio até o final da temporada. E apesar de fazer meu ano de estréia e competir com pilotos com muito mais experiência, eu tinha a expectativa de ganhar uma corrida”, explica.


 


Assim com em boa parte da temporada, Fogacinha encara mais uma vez uma pista desconhecida. “Tenho uma certa desvantagem por eu não conhecer o traçado, mas acredito que não vai atrapalhar tanto. É sempre bom para o aprendizado, como já fiz em todas as outras pistas do calendário”, lembra o titular da Braspress/G.Giannone/Feeder/Emee, que está confiante em andar bem no veloz circuito. “Se o carro não tiver problemas nos treinos, acho que vai dar para ir bem. Estou ansioso para conhecer as famosas curvas de alta de Tarumã”, confia.


 


Um dos motivos que o jovem sorocabano vê para conseguir um bom desempenho é justamente ter diminuído a pressão após a primeira vitória. “Meu pai sempre me diz que depois de ganhar uma corrida, todo piloto cresce e a tendência é melhorar. Espero que ele esteja certo”, concluiu o filho do experiente Djalma Fogaça.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *