Stock Jr.: Stock Car com sabor de motovelocidade para Ana Lima

Pela primeira vez desde que passou das duas para as quatro rodas, piloto de São Paulo corre na pista que sediava o GP Brasil de MotoGP.

A sétima etapa da Stock Júnior terá um quê de nostalgia para a paulista Ana Lima (AGV/Fit/Ajinomoto), única mulher no grid da categoria. Ex-piloto do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade, Ana corre no próximo sábado no autódromo de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro – pista que entre 1999 e 2004 recebeu o Campeonato Mundial de MotoGP, a ‘Fórmula 1’ das duas rodas.

“O Rio de Janeiro teve muita participação na minha carreira com as motos. Corri diversas vezes nessa pista e outras tantas fui para assistir a MotoGP. Sem dúvida vou lembrar desses momentos no final de semana, mas agora o desafio é diferente”, comenta a piloto.

O desafio deste final de semana é sobre as quatro rodas do Stock Júnior, categoria escolhida por Ana Lima para sua temporada de estréia no automobilismo. Com 34 pontos já marcados neste ano, o objetivo da paulistana de 28 anos de idade é se colocar entre os dez primeiros do campeonato, posição considerada por ela como excelente para seu primeiro ano competindo sobre quatro rodas.

“Sinto que estou melhorando a cada etapa e isso aumenta bastante a minha confiança. Acho que são boas as possibilidades de marcar pontos e entrar no Top 10 depois da corrida do Rio”, avalia a piloto. A Stock Júnior tem uma briga acirrada pela liderança entre Patrick Gonçalves e Lucas Finger, dois nomes que já disputam a categoria desde o ano passado.

Os três treinos livres da Stock Júnior para a etapa do Rio de Janeiro serão realizados na sexta-feira. No sábado os pilotos partem para o treino classificatório e, logo depois, para a corrida – marcada para as 13h40.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *